Defesa de Lula diz que recibos foram feitos pelo locador - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

26/09/2017


Zanin: recibos foram feitos por locador

DEFESA DE LULA

Foto: autor desconhecido.

Defensor de Lula, o advogado Cristiano Zanin minimizou o erro de datas nos recibos de aluguel referentes ao apartamento vizinho ao do ex-presidente em São Bernardo do Campo. Os documentos foram apresentados na segunda (25) à Justiça. Dois deles têm datas que não existem: 31 de novembro e 31 de junho.

"Isso é uma bobagem. Quem fez o recibo foi o Glaucos [da Costamarques, dono do imóvel], que recebeu o aluguel. E não a dona Marisa, que estava pagando. Quem paga tem direito à quitação e quem faz o recibo é sempre o locador, que diz ter recebido os valores. Se alguém errou, foi ele", diz Zanin.

O advogado afirma que, "de 26 recibos apresentados, só dois têm erro material. O importante é que ninguém contesta a veracidade do documento. A assinatura é dele [Glauco], nem ele contesta isso".

Segundo Zanin, o Ministério Público Federal não consegue provar que dinheiro de oito contratos da Petrobras foram usados na compra do apartamento nem de um terreno para o Instituto Lula e desviou o assunto "para um contrato de aluguel".

Notícias relacionadas