Cruzeiro é multado em R$ 50 mil por ofensas da torcida a Michael - WSCOM

menu

Futebol

13/04/2011


Cruzeiro é multado por ofensas

'homofobia'

Foto: autor desconhecido.

O Sada/Cruzeiro foi julgado na manhã desta quarta-feira pelos insultos proferidos por sua torcida, no jogo do dia 30 de março, contra o meio de rede Michael, do Vôlei Futuro. Em decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Vôlei (STJD), o time mineiro foi multado em R$ 50 mil.

A equipe foi julgada segundo o artigo 243-G do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que prevê a multa de até R$ 100 mil por "praticar ato discriminatório, desdenhoso ou ultrajante, relacionado a preconceito em razão de origem sexual".

Por ser réu primário, o Cruzeiro terá que pagar apenas metade da multa. O episódio aconteceu na primeira partida das semifinais da Superliga masculina, realizada em Contagem (MG). Depois das acusações de sofrer homofobia, Michael assumiu ser homossexual.

A série entre Sada/Cruzeiro e Vôlei Futuro está empatada em 1 a 1. A definição do segundo finalista da Superliga, que enfrentará o Sesi-SP pelo título, será nesta sexta, dia 15, às 20h30, em partida realizada novamente em Contagem.

Em contato com o Terra, a assessoria do Sada/Cruzeiro afirmou que Henrique Saliba, advogado do clube, entrará com recurso para tentar reverter a decisão judicial.

Notícias relacionadas