CPI dos Bingos ouve Waldomiro Diniz, ex-assessor de Dirceu - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

11/08/2005


CPI dos Bingos ouve Waldomiro

Foram essas denúncias que motivaram a criação da CPI dos Bingos, que investiga o envolvimento de Diniz com casas de bingos. As denúncias contra ele apontaram para uma tentativa de intermediação, junto à Caixa Econômica Federal, para a renovação do contrato com a empresa Gtech, empresa multinacional detentora da concessão para a exploração das loterias do banco.

Aos integrantes dessa CPI, Diniz terá que explicar o seu envolvimento com a Gtech e a sua atuação como presidente da Loterj (Loteria Estadual do Rio de Janeiro). Neste período, ainda como integrante do governo do Rio de Janeiro, o ex-assessor foi flagrado em uma fita cobrando propina do empresário do ramo de jogos, Carlos Augusto Ramos, o Carlinhos Cachoeira.

Diniz obteve ontem um habeas corpus, que vai permitir ao ex-assessor se calar diante de perguntas de integrantes de uma CPI que possam incriminá-lo e que também evita sua prisão durante o depoimento.

Notícias relacionadas