Corinthians volta a defender liderança no Brasileiro - WSCOM

menu

Mais Esporte

29/10/2005


Corinthians volta a defender liderança

É grande a expectaiva para a rodada deste domingo pelo Campeonato Brasileiro da Série A, quando serão realizados sete jogos. Mais uma vez o Corinthians entra em campo para defender a sua liderança. Confira os jogos:

São Caetano x São Paulo

São Paulo – Cansados após uma verdadeira “maratona” de jogos, São Caetano e São Paulo se enfrentam neste domingo, no estádio Anacleto Campanella, às 18h10, e buscam motivação após se tornarem equipes aparentemente sem objetivos no Campeonato Brasileiro.

Em 14 dias, o São Paulo completará seu sexto confronto. A equipe tricolor foi vítima da anulação de jogos; teve de repetir dois confrontos na competição após decisão do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) e encara um adversário que entrará em campo pela segunda vez pouco mais de 48h após vencer o Paraná Clube, por 3 a 1, na capital paranaense.

Após figurar na zona de rebaixamento, o São Paulo subiu na tabela de classificação, mas agora luta contra a falta de objetivos na competição. Campeão da Libertadores, a equipe do Morumbi já tem vaga garantida no torneio de clubes mais importante da América no ano que vem e também já não almeja mais o título nacional -ocupa apenas a 12ª posição, com 45 pontos.

Corinthians x Vasco

São Paulo – Um abismo de 31 pontos separa Corinthians e Vasco na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, mas os adversários deste domingo, às 16h, no Pacaembu, têm uma meta em comum: vencer quatro dos oito jogos que restam no torneio.

Segundo levantamento de probabilidade do professor Tristão Garcia, que trabalha na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e tem um site de estatísticas para o futebol, os dois clubes precisam do mesmo número de vitórias para atingir seus objetivos.

Atual líder, o Timão, que soma 70 pontos e tem 92% de chances de ser campeão, praticamente conquista o tetracampeonato brasileiro com quatro triunfos, já que forçaria o Inter, principal concorrente, a alcançar um aproveitamento de 88,8% dos pontos.

Atlético-MG x Palmerias

Belo Horizonte – As atenções dos torcedores de Atlético-MG e Palmeiras, que se enfrentam, neste domingo, às 16h, no Mineirão, estarão voltadas, mais do que nunca, para os túneis. Do lado atleticano, Lori Sandri fará sua estréia, após ser apresentado aos jogadores na tarde desta sexta-feira, tentando mostrar que a fuga ao rebaixamento ainda é possível. Do outro, Emerson Leão quer provar que o Verdão tem força para chegar à Libertadores.

No caso atleticano, lanterna do Brasileirão, a chegada de Lori Sandri, que substituiu Marco Aurélio, funciona como uma espécie de última cartada. Após a derrota, em casa para o Fortaleza, por 3 x 2, quando vencia por dois gols de diferença até os 35 minutos do segundo tempo, o Atlético-MG não tem mais direito de errar. Se não quiser disputar a Série B ano que vem terá de vencer o Palmeiras e, pelo menos mais outros quatro adversários, na seqüência.

Para o Palmeiras, o jogo com o Galo marca a chance de reabilitação na competição. Afinal, o time paulista não conseguiu vitórias em suas três últimas partidas. Não venceu, mas também não perdeu. Foram empates contra Corinthians, Fortaleza e Figueirense. Nesse último jogo, o Verdão vencia até o final, quando cedeu o empate ao Figueira, em 2 x 2. A equipe de Leão soma 55 pontos, um aproveitamento de 53,92%.

Atlético-PR ex Paraná

São Paulo – Mais distantes da Copa Libertadores depois de perderem na rodada passada, Atlético-PR e Paraná se enfrentam neste domingo, no clássico regional, para decidir quem é o melhor paranaense do Campeonato Brasileiro até o momento. A partida, válida pela 35ª rodada, será realizada na Arena da Baixada, em Curitiba.

O Paraná ostenta o rótulo de melhor equipe do estado desde a 11ª rodada, quando passou o Coritiba na tabela. Atualmente com 51 pontos, o Tricolor é o sétimo colocado e ainda pode sonhar com a vaga inédita na Libertadores, embora a derrota para o São Caetano, na última sexta, tenha complicado a situação.

O Furacão, por sua vez, praticamente não tem mais chances de defender o vice-campeonato intercontinental obtido neste ano. Com 48 pontos e a 11 do Fluminense, quarto colocado, o Rubro-Negro já admite vislumbrar apenas um lugar na Copa Sul-Americana.

Santos x Cruzeiro

Santos – A motivação oferecida por seqüências de vitórias é o trunfo de Santos e Cruzeiro para um jogo sem torcida a partir das 16h deste domingo, no Palestra Itália, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Paulistas e mineiros duelam com portões fechados, e no estádio do Palmeiras, em função de pena imposta pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) ao time litorâneo.

O Peixe perdeu três mandos de campo e pagou multa de R$ 175 mil pela invasão de sua torcida ao gramado da Vila Belmiro durante clássico com o Corinthians no dia 13 deste mês. Por isso, ainda vai enfrentar o Internacional e o Paraná Clube em condições adversas.

Fluminense x Ponte Preta

Rio – Empolgado após a goleada por 4 a 1 contra o Atlético-PR, o Fluminense encara a Ponte Preta neste domingo, em Volta Redonda, às 18h10, objetivando terminar a rodada entre os três primeiros colocados.

Brasiliense x Botafogo

Rio – Depois de finalmente voltar à zona de classificação para a Copa Sul-Americana, o Botafogo agora luta para não sair mais dela até o final do Brasileiro. Para isso, o Fogão vai buscar a vitória diante do Brasiliense, no próximo domingo, às 18h10, no estádio Mané Garrincha, pela 35ª rodada do campeonato.

O jogo inicialmente estava marcado para a Boca do Jacaré. Entretanto, nesta sexta-feira, a juíza Fernanda Cerqueira, da 17ª Vara Cível de Brasília, acatou a ação impetrada pelo Ministério Público do Distrito Federal e interditou o local.

A alegação é de que o estádio não segue as normas de segurança exigidas pelo Corpo de Bombeiros, como saídas de emergência. As arquibancadas e o sistema elétrico também apresentam problemas.

Alheio a isso, o Botafogo espera uma vitória, o que representaria um passo importante para realizar o sonho de voltar a disputar uma competição internacional oficial, algo que não acontece há 12 anos – a última foi a Copa Conmebol, em 1993.

Isso porque o Tricolor atualmente ocupa de forma folgada a quarta posição, com 59 pontos, o que o garantiria na Pré-Libertadores do ano que vem. Mas o pensamento nas Laranjeiras é de pelo menos terminar o certame no terceiro lugar, o que o credenciaria diretamente para a chave principal do torneio continental.

Entretanto, o Tricolor terá que passar por um adversário que também luta por uma vaga em um torneio continental. Com 44 pontos, a Ponte está em 13º lugar e precisa vencer para voltar a figurar entre os 11 primeiros, que irão para a Sul-Americana 2006.

Notícias relacionadas