Corinthians empata com Goiás e 'conquista título' - WSCOM

menu

Mais Esporte

21/08/2005


Corinthians empata com Goiás e

Como de praxe nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro, a torcida do Corinthians lotou o estádio do Pacaembu. Mas não viu uma apresentação das mais empolgantes. Mesmo assim, o dramático empate por 1 a 1 com o Goiás na tarde deste domingo garantiu à equipe o simbólico título do primeiro turno da competição nacional.

Com este resultado, o time do Parque São Jorge conseguiu permanecer na liderança isolada, agora com 39 pontos. O alviverde tem 37 e continua na segunda colocação, graças ao empate sem gols do Paraná com o Vasco, em Curitiba.

Mesmo com os jogadores desprezando a possibilidade de conquistar o primeiro turno do Nacional, a torcida corintiana compareceu em peso ao estádio aguardando exibição semelhante à da goleada por 5 a 3 sobre a Ponte Preta, em Campinas. A diferença, contudo, esteve na parte ofensiva.

Sem Tevez, suspenso pelo STJD, a equipe passou a depender em demasia da inspiração do meio-campista Roger. Ele, porém, sofreu uma torção no tornozelo direito logo no início da partida e precisou ser substituído por Carlos Alberto aos 20min. O gol de empate veio apenas aos 40min da etapa final e foi marcado pelo volante Marcelo Mattos.

Com a “conquista”, o Corinthians se credencia a seguir na disputa por seu quarto título nacional. Pelo menos é o que mostra o retrospecto desde que os pontos corridos foram implantados pela CBF. Nas duas edições anteriores (2003 e 2004), os campeões Cruzeiro e Santos também terminaram o primeiro turno na liderança.

O clube alvinegro, aliás, foi o responsável pelas duas últimas derrotas do Goiás na temporada. Na última quarta-feira, o time paulista venceu o ‘rival’ por 2 a 0 pela Copa Sul-Americana.

Pelo Campeonato Brasileiro, Corinthians e Goiás voltam a campo na próxima quarta-feira. Os paulistas enfrentam o Juventude, às 21h45, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Já os goianos recebem o Paraná, às 20h30, no Serra Dourada.

O confronto que define o classificado para as oitavas-de-final da Sul-Americana ocorre no dia 31 de agosto, novamente no Pacaembu.

O jogo

Assim como aconteceu na última quarta-feira, o Goiás começou a partida com mais posse de bola que o Corinthians. Trabalhando pelo lado esquerdo, o time alviverde tentou explorar as descidas do lateral Jadílson, mas sem incomodar a defesa adversária.

Na primeira vez que conseguiu concluir, os visitantes abriram o placar. Aos 10min, após cobrança de escanteio, André Leone cabeceou para Rogério Corrêa que, também de cabeça, ajeitou para Souza. Na pequena área, o atacante chutou por baixo de Marcelo e anotou seu sétimo gol no Nacional.

Sem criatividade no meio-campo, o Corinthians teve ainda mais problemas quando, aos 20min, Roger torceu o tornozelo direito e precisou ser substituído por Carlos Alberto. No minuto seguinte, o Goiás quase ampliou. Após cruzamento da direita, Souza furou a cabeçada e a bola sobrou para Paulo Baier. O lateral chutou cruzado e Romerito, sem goleiro, desviou para fora.

A primeira oportunidade do Corinthians surgiu apenas aos 41min. Bobô roubou a bola na direita e cruzou para Jô. Sem goleiro e quase dentro da pequena área, o atacante desviou e acertou a trave esquerda da meta. No rebote, Ronny chutou cruzado, mas errou e mandou pela linha de fundo. Cinco minutos depois, Bobô recebeu na entrada da área e, mesmo caindo, bateu forte para bela defesa de Harlei.

Na volta do intervalo, o Corinthians reapareceu com os mesmos problemas de armação. Melhor para o Goiás que, logo aos 3min, quase ampliou.Paulo Baier recebeu na direita e chutou cruzado. Marcelo Marinho, bem colocado, fez bela defesa.

Logo em seguida, os paulistas perderam o volante Wendel, com uma lesão muscular na coxa direita. Fabrício foi a campo. Mais tarde, também por conta de uma contusão, seria a vez de Rosinei deixar o gramado para a entrada de Dinelson.

A partir dos 30min, o técnico Geninho segurou o Goiás no campo de defesa. Para dar mais velocidade ao ataque, o comandante sacou Souza e colocou Danilo Dias.

Quando o time de Goiânia parecia ter o jogo controlado, o Corinthians empatou. Aos 40min, Fabrício cruzou da direita e Marcelo Mattos cabeceou no canto direito de Harlei para fechar o placar.

CORINTHIANS

Marcelo Marinho; Eduardo, Sebá, Betão e Ronny; Wendel (Fabrício), Marcelo Mattos, Rosinei (Dinélson) e Roger (Carlos Alberto); Jô e Bobô

Técnico: Márcio Bittencourt

GOIÁS

Harlei; Rogério Corrêa, André Dias e André Leone; Paulo Baier, Cléber Gaúcho (Marcelo Silva), Cléber, Rodrigo Tabata e Jadílson; Romerito e Souza (Danilo Dias)

Técnico: Geninho

Local: estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)

Árbitro: Alicio Pena Júnior (MG)

Auxiliares: Marco Antônio Gomes e Guilherme Dias Camilo (MG)

Cartões amarelos: André Leone (G), Souza (G), Bobô (C), Marcelo Mattos (C)

Gol: Souza, aos 10min do primeiro tempo; Marcelo Mattos, aos 40min do segundo tempo

Notícias relacionadas