Corinthians continua líder do Brasileiro - WSCOM

menu

Mais Esporte

23/10/2005


Corinthians continua líder do Brasileiro

Na conclusão da 33ª rodada do Campeonato Brasileirom da Série A o Corinthians manteve a sua condição de líder com a vitória sobre o Paraná. O Timão ganhou mais motivação para o clássico contra o São Paulo. Confira os resultados:

Corinthians 1×0 Paraná

São Paulo – Se o Corinthians evitou falar no clássico com o São Paulo antes do jogo deste sábado, a equipe agora pode se voltar, cheia de confiança, para o duelo diante do arqui-rival. Afinal, o time do Parque São Jorge fez sua parte nesta tarde ao superar o Paraná, no estádio do Pacaembu, por 1 a 0, pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, e ganhou ainda mais moral para a partida contra o São Paulo, nesta segunda-feira, no Morumbi.

Exibindo um futebol ofensivo na etapa inicial e tímido no segundo tempo, o Corinthians mostrou por que é o líder da competição e manteve os seis pontos de diferença para o Goiás, segundo colocado. Totalizando 66 pontos, a equipe paulista continua dona absoluta do primeiro lugar restando nove jogos para o final do Brasileiro.

O próximo confronto é o clássico contra o São Paulo, assunto proibido no Parque São Jorge durante a última semana. Uma das 11 partidas remarcadas devido ao escândalo da arbitragem, o duelo regional foi deixado em segundo plano pelo Corinthians, que fugiu de polêmicas para se concentrar na partida com o Paraná.

Atlético-PR 2×0 Atlético-MG

Belo Horizonte – Em franca ascensão, o Atlético-PR venceu o Atlético-MG por 2 x 0, neste sábado, na Arena da Baixada, em Curitiba. Com a vitória, o Furacão segue com chances de brigar por uma vaga na Copa Libertadores. Com a derrota, o Galo continua na zona de rebaixamento e cada vez mais ameaçado de cair para a Série B.

O Atlético-PR foi 48 pontos ganhos em 33 jogos e se manteve na oitava posição na competição. Foi a décima quarta vitória do time paranaense no Brasileirão. O campeão brasileiro de 2001 vive um bom momento no campeonato.

O Atlético-MG, que chegou a deixar a zona de rebaixamento, despencou na tabela com as vitórias de Paysandu e Vasco e o empate do Figueirense, na quarta-feira, nas partidas anuladas. O time alvinegro caiu do 18º lugar para o 21º, assumindo a vice-lanterna, com apenas 33 pontos ganhos em 33 partidas. Com a derrota deste sábado, se manteve na posição.

Botafogo 2×0 Coritiba

Rio – O cargo de Celso Roth está salvo. Sob sério risco de demissão, o treinador assistiu à tranqüila vitória do Botafogo sobre o Coritiba por 2 a 0, no estádio Luso-Brasileiro. O jogo foi válido pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A vitória acalma os ânimos coincidentemente no dia da nomeação do ex-presidente Carlos Augusto Montenegro como diretor de futebol. O Botafogo chegou aos 43 pontos, se distanciou da zona de rebaixamento e volta a almejar a classificação à Sul-Americana. O próximo jogo será contra a Ponte Preta, quinta-feira, em Campinas.

A crise do Coritiba não foi estancada. O time coleciona cinco derrotas consecutivas e tem 38 pontos na tabela. Antes lutando pela Copa Sul-Americana, os paranaenses começam a ter preocupação com o rebaixamento. Na próxima rodada o time pega o Cruzeiro, terça-feira, no Couto Pereira.

Cruzeiro 4×3 Payssandu

Belo Horizonte – O Cruzeiro conseguiu dar o troco no Paysandu ao vencer o time paraense, de virada, por 4 x 3 neste sábado, no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro. Na quarta-feira passada, o Papão goleou a Raposa, em Belém, na repetição do jogo anulado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

O Paysandu fez 2 x 0 com dois gols do atacante Rafael Moura. O Cruzeiro descontou com Alecsandro ainda no primeiro tempo. No segundo, o time comandado pelo técnico Paulo César Gusmão conseguiu a virada com gols de Diego, Alecsandro, novamente, e o estreante Daniel Morais. Rafael Moura descontou no final em cobrança de pênalti.

O Cruzeiro foi a 48 pontos ganhos em 33 jogos e permanece em nono lugar na tabela de classificação. O time celeste continua no grupo dos que disputam vagas para a Copa Sul-Americana de 2006. A Raposa se reabilita na competição e tenta recuperar os pontos perdidos com as duas partidas anuladas pelo STJD, contra Botafogo e Paysandu.

Vasco 2×1 Flamengo

Rio – O Vasco empurrou o Flamengo para o fundo do poço do Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o time cruzmaltino aproveitou-se do fator campo para vencer o rival por 2 a 1, em São Januário, e afastar-se da zona do rebaixamento.

Júnior Baiano, contra, (o árbitro deu gol para Wagner Diniz) e Romário fizeram os gols do Vasco. Ramírez diminuiu para os rubro-negros. Como já se previa, o clássico, válido pela 33ª rodada, foi pontuado pela tensão, mas esta se resumiu ao comportamento hostil das torcidas.

Internacioal 1×2 Juventude

Porto Alegre – O Internacional largou na frente, mas não conseguiu segurar o placar e acabou levando 2 x 1 do Juventude, na tarde deste sábado, no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. O clube da Capital gaúcha ficou estagnado na marca dos 56 pontos na tabela de classificação da Série A do Campeonato Brasileiro. Enquanto isso, o representante do Interior passou a somar 42.

O Internacional entrou em campo para defender a sua invencibilidade de mais de dois meses. O Colorado, que foi batido pela última vez no distante dia 13 de agosto (3 x 2 para o Palmeiras, em São Paulo), já acumulava nada menos que dez vitórias e seis empates nos seus últimos 16 compromissos oficiais.

O Juventude, por sua vez, buscava a sua primeira vitória sob o comando de Hélio dos Anjos. O técnico que substituiu o demitido Sebastião Lazzaroni havia estreado com um empate diante do Figueirense, pelo placar de 2 x 2.

Fortalexa 1x1Palmeiras

São Paulo – O sonho de conquistar o título do Campeonato Brasileiro ficou ainda mais distante para o Palmeiras na tarde deste sábado. O alviverde empatou com o Fortaleza por 1 a 1, no estádio Castelão, no Ceará, e viu sua diferença para o líder Corinthians aumentar mais dois pontos.

Com o resultado obtido no Ceará e a vitória corintiana sobre o Paraná por 1 a 0, o Palmeiras viu a diferença para o líder aumentar para 12 pontos. Além disso, o alviverde segue fora da zona de classificação para a Copa Libertadores da América, na quinta colocação, com 54 pontos.

Já o Fortaleza segue despencando no Brasileiro. Depois de se aproximar da briga por uma vaga na Libertadores, o tricolor cearense caiu de produção e amarga agora uma seqüência de sete jogos sem vitórias.

Figueirense 4×0 Ponte Preta

São Paulo – O Figueirense aproveitou os tropeços de seus adversários diretos na briga contra o rebaixamento, goleou a Ponte Preta por 4 a 0 neste sábado, no estádio Orlando Scarpelli, e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

O resultado deixou o time catarinense na 18ª colocação, com 37 pontos – dois à frente do Paysandu, primeiro dos “rebaixados”. Além disso, a equipe confirma sua recuperação no Brasileiro e chega a uma seqüência de quatro jogos de invencibilidade.

Santos 2×1 São Paulo

São Paulo – Um clássico em ritmo de treino e com lances atípicos. Na conclusão da 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, São Paulo e Santos fizeram na noite deste sábado um jogo no mínimo inusitado em que o time do litoral levou a melhor, triunfando por 2 a 1 em pleno estádio do Morumbi.

A vitória desta noite foi a segunda de Nelsinho Baptista à frente do Santos. No comando da equipe há seis rodadas, o treinador acumula agora dois triunfos, dois empates e duas derrotas. Com 52 pontos, o time praiano sobe para a sexta colocação e segue na briga por vaga na Libertadores.

O São Paulo, por sua vez, sofre sua segunda derrota consecutiva no Brasileirão, já que perdeu para a Ponte Preta na rodada passada. Sem maiores pretensões no campeonato e utilizando os jogos que lhe restam como preparação para o Mundial de Clubes em dezembro, a equipe de Paulo Autuori segue com 44 pontos, aparecendo em 11º lugar.

Notícias relacionadas