Coreias do Norte e do Sul terão reunião em março, diz Seul - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

24/03/2018


Coreias do Norte e do Sul terão reunião em março, diz Seul

Autoridades vão preparar a cúpula que será realizada entre os dois países em abril. Encontro será em Panmunjom, na zona desmilitarizada que separa as duas Coreias

Foto: autor desconhecido.

Coreia do Sul anunciou nesta sexta-feira (23) que a Coreia do Norte concordou em realizar conversas de alto nível no dia 29 de março, informa a agência de notícias Yonhap. O encontro será em Panmunjom, na zona desmilitarizada que separa as duas Coreias.

Nesta reunião, as autoridades devem preparar a cúpula que será realizada entre os dois países em abril para tratar da desnuclearização da península coreana.

Em pauta também estará uma definição da data e a agenda para a reunião entre Kim Jong-un e Moon Jae-in, que será apenas a terceira entre líderes coreanos em seis décadas, segundo a Deutsche Welle.

A delegação sul-coreana que irá ao vilarejo de Panmunjom será liderada por Cho Myoung-gyon, ministro da Unificação, enquanto os norte-coreanos serão representados por Ri Son-gwon, chefe da agência para assuntos intercoreanos.

Diálogo retomado em janeiro

Os países, que não conversavam desde 2015, retomaram o contato em janeiro, quando representantes oficiais dos dois países se reuniram e a Coreia Norte anunciou que enviaria atletas ao Sul para Jogos de Inverno de Pyeongchang.

O país de Kim Jong-un também enviou uma comitiva de 22 pessoas, entre elas o presidente honorário do Norte, Kim Yong-nam, e a irmã de Kim Jong-un, Kim Yo-jong. Durante a visita, Yo-jong entregou uma carta em nome de seu irmão convidando o presidente sul-coreano, Moon Jae-in, para uma reunião em Pyongyang.

Após a participação do país vizinho nos Jogos de Inverno, Moon Jae-in tenta negociar uma solução diplomática para a tensão gerada entre eles com o desenvolvimento de mísseis de longo alcance e bombas nucleares por Pyongyang.

Os sul-coreanos também estão intermediando uma reaproximação entre a Coreia do Norte e os EUA. Neste mês, o presidente americano, Donald Trump, aceitou um convite de reunião feito por Kim Jong-un. Esse encontro deverá ser realizado até o final de maio, mas o local ainda não foi definido.

Na quinta-feira, Estados Unidos e Coreia do Sul anunciaram que as manobras militares conjuntas anuais, previstas para abril, serão mantidas, mas que o principal exercício será encurtado em um mês.

G1

Notícias relacionadas