Contra o Vasco, Flu quer embalar de vez - WSCOM

menu

Mais Esporte

05/03/2006


Contra o Vasco, Flu quer

Embalados pelas vitórias do meio de semana, Fluminense e Vasco se enfrentam neste domingo, às 18h10, no Maracanã, em mais um jogo decisivo para as pretensões de ambos na Taça Rio. Ainda mais para o Tricolor, que tem apenas uma vitória nos três jogos que fez neste segundo turno.

Com o triunfo sobre o América, o time das Laranjeiras passou a somar três pontos no grupo A e aparece na terceira colocação, com um ponto a menos que o Flamengo, segundo colocado. O líder da chave é o Americano, com seis pontos.

Por isso, apenas uma vitória mantém o Fluminense com chances de ir às semifinais. E como o time não depende apenas dos seus esforços, o técnico Paulo Campos admite que estará atento aos resultados dos concorrentes do grupo, que também terão jogos difíceis no domingo.

“Essa semana é decisiva porque o Flamengo pega o América e o Botafogo enfrenta o Americano. Muitas coisas podem acontecer”, disse Paulo Campos, que comemorou a derrota do rival Flamengo para o Madureira. “Deu novo ânimo”, considerou.

Embora tenha vencido o Nova Iguaçu na última quarta-feira, o Vasco não conseguiu melhorar de posição no grupo B. Com quatro pontos, o time é o quinto colocado. Nesta chave, Friburguense, com sete pontos, Volta Redonda, América e Madureira, todos com seis, estão à frente do Gigante da Colina.

Entretanto, o Vasco tem um jogo a menos que todos os seus adversários do grupo, já que a partida contra a Cabofriense foi adiada. Mesmo assim, todos consideram o clássico fundamental para a manutenção das chances de classificação e ninguém quer saber de outro resultado que não seja a vitória.

“É um jogo que não tem favorito. O Maracanã é um campo grande, bom de jogar para as duas equipes e ambos querem a vitória”, afirmou o meia Morais, que prometeu disposição para fazer o esquema ofensivo de Renato Gaúcho dar certo:

“Temos que ajudar na marcação e continuar com o ataque fazendo os gols para podermos sair com a vitória”.

Os times

Na quarta-feira, Renato Gaúcho acenou com mudanças na equipe. Como de costume, o treinador fez mistério quanto à escalação da equipe. Renato pode manter o esquema com três meias, que deu certo e garantiu duas vitórias ao time depois de mais de um mês, ou colocar um volante.

Nesse caso, o volante Ives pode voltar a ter uma chance. Caso seja escalado, o volante, provavelmente, entrará no lugar de Abedi. A outra opção é a saída de Ramon, mas essa possibilidade é mais remota. O goleiro Roberto, que desfalcou o Vasco na última rodada com dores na região lombar, reassume a camisa 1.

Contratado no dia 10 de fevereiro, o atacante Edílson, que se apresentou em definitivo na quinta-feira, deve ficar no banco e pode fazer sua estréia com a camisa cruzmaltina no segundo tempo. Valdiram, destaque das últimas partidas e que já caiu na graça dos torcedores, segue no time titular.

“É muito bom ouvir o meu nome sendo gritado pela torcida. Espero retribuir todo esse apoio com gols e com as minhas jogadas”, disse o atacante, autor de dois gols na vitória sobre o Nova Iguaçu.

No Fluminense, a ausência mais sentida é a do meia Petkovic, que não se recuperou das dores no tornozelo esquerdo. Outros desfalques, porém sem a mesma importância devido às atuações pouco convincentes, são o goleiro Diego e o lateral-direito Rogério, ambos com lesões musculares.

O time só não será o mesmo que derrotou o América por 2 a 0 porque o volante Ângelo foi expulso e terá que cumprir suspensão. O volante Romeu será o seu substituto.

Na defesa, Paulo Campos manterá a jovem dupla de zagueiros formada por Anderson, de 18 anos, e Thiago Silva, de 21. Apesar da pouca idade, Anderson não teme a missão de tentar parar o experiente Romário, que tem mais que o dobro da sua idade.

“O Romário é um grande jogador e, se der, vou chegar junto. Agradeço ao Paulo Campos pelas oportunidades e pretendo cumprir bem o meu papel”, disse.

FLUMINENSE x VASCO

Data: 05/03/2006 (domingo)

Horário: 18h10

Local: estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)

Árbitro: Marcelo Venito Pacheco

Assistentes: Marcos Tadeu Peniche Nunes e Carlos Henrique Alves de Lima

Fluminense

Fernando Henrique; Rissut, Anderson, Thiago Silva e Jean; Marcão, Romeu, Bruno e Pedrinho; Lenny e Cláudio Pitbull

Técnico: Paulo Campos

Vasco

Roberto; Claudemir, Éder, Jorge Luiz e Diego; Ygor, Abedi (Ives), Ramon e Morais; Valdiram e Romário

Técnico: Renato Gaúcho

Notícias relacionadas