Conselho de Ética define 11 relatores de processos de cassação - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

18/10/2005


Conselho de Ética define 11

O Conselho de Ética da Câmara definiu nesta terça-feira os deputados que vão relatar os 11 processos de cassação dos envolvidos no suposto esquema do mensalão. A oposição ficou com sete procedimentos e os governistas, quatro.

O presidente do Conselho de Ética, Ricardo Izar (PTB-SP), adiantou que tentará terminar os trabalhos ainda este ano, criando subcomissões para ouvir o depoimento de cada testemunha dos processos. Caso seja inviável, o Conselho trabalha com a possibilidade de uma autoconvocação não remunerada em janeiro. Os deputados que enfrentam processo disciplinar têm o direito de indicar até cinco pessoas para lhes defender.

Os deputados são acusados de terem se beneficiados de recursos supostamente ilegais do empresário Marcos Valério de Souza, apontado como um dos operadores do esquema do “mensalão”, em conjunto com o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares.

Confira abaixo a lista dos deputados acusados seguido do nome dos relatores de cada processo:

João Magno (PT-MG) – Jairo Carneiro (PFL-BA)

João Paulo Cunha (PT-SP) – Cesar Schimer (PMDB-RS)

José Mentor (PT-SP) – Edmar Moreira (PFL-MG)

Josias Gomes (PT-BA) – Mendes Thame (PSDB-SP)

Prof. Luizinho (PT-SP) – Pedro Canedo (PP-GO)

José Janene (PP-PR) – Angela Guadagnin (PT-SP)

Pedro Corrêa (PP-PE)- Carlos Sampaio (PSDB-SP)

Pedro Henry (PP-MT) – Orlando Fantazzini (PSOL-SP)

Vadão Gomes (PP-SP) – Moroni Torgan (PFL-CE)

Wanderval Santos (PL-SP) – Chico Alencar (PSOL-RJ)

Roberto Brant (PFL-MG) – Nelson Trad (PMDB-MS)

Notícias relacionadas