Confira as atrações da 29ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo - WSCOM

menu

Entretenimento

20/10/2005


Confira as atrações da 29ª

O cartaz qualquer nota assinado por Isabella Rossellini e o discurso “já estamos nos preparando para o trigésimo aniversário” marcaram a coletiva. Parecia mesmo que a 29ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo vinha só para constar – mas a exibição para a imprensa de Marcas da violência, novo filme de David Cronenberg, deu a largada das sessões em grande estilo. São eles que importam, afinal, os filmes. E há muito que caçar, celebrar, pensar e se entreter na seleção de 2005.

São cerca de trezentos longas e cinquenta curtas e médias, de mais de cinquenta países, que serão exibidos entre 21 de outubro e 3 de novembro. Do recém-encerrado Festival do Rio vêm os novos de Ang Lee, Beto Brant, Eduardo Coutinho, Jim Jarmusch, Lars Von Trier, Michael Haneke, Fabián Bielinsky, Roman Polanski, Wong Kar-Wai, Win Wenders, Neil Jordan, Atom Egoyan, Amos Gitai, Thomas Vinterberg. São Paulo assiste com exclusividade aos últimos trabalhos de Danis Tanovic, Buddhadeb Dasgupta, novos curtas de Ugo Giorgetti, John Woo, Emir Kusturica e Abbas Kiarostami, além do citado Cronenberg. E se Last days de Gus van Sant não entra, destacam-se as primeiras exibições no Brasil de Serenity, de Joss Whedon, The three burials of Melquiades Estrada, estréia premiada de Tommy Lee Jones na direção, e Good night and good luck, de George Clooney, que abre a programação.

O forte da Mostra sempre são as retrospectivas. Mentor de Ingmar Bergman, o sueco Victor Sjöström, conhecido por aqui apenas como o professor Isak Borg de Morangos silvestres, tem sua produção como cineasta revista – mais exatamente, dezenove películas dos anos 10 e 20. Datam da década de 30 os primeiros filmes do português Manoel de Oliveira, 96 anos, nome onipresente na mostra e que este ano também ganha retrospectiva quase completa, de 35 filmes, acompanhada do lançamento de um livro sobre ele.

Notícias relacionadas