Comissão Pastoral da Terra lança Caderno Anual dos Conflitos no Campo Brasil 2017 - WSCOM

menu

Paraíba

06/09/2018


Comissão Pastoral da Terra lança Caderno Anual dos Conflitos no Campo Brasil 2017

Foto: autor desconhecido.

Nesta quinta feira (6), às 14h, no auditório da Central de Aulas da UFPB,  será o lançado o Caderno Anual “Conflitos no Campo Brasil” e apresentada uma análise sobre os últimos dados.

A Pastoral da Terra é uma organização político-religiosa fundada por padres e bispos, junto a movimentos sociais. Na Paraíba, a igreja começa a se comprometer com a causa dos trabalhadores rurais após a chegada do arcebispo Dom José Maria Pires, já na década de 60. Logo, a CPT passa a acompanhar as comunidades rurais, auxiliar em projetos de assentamentos, atuar em áreas de conflitos, formação educacional para jovens rurais, assistência técnica para produção orgânica e feiras agroecológicas.

A CPT conclama a Teologia da Libertação, a terra como um bem comum, crê na salvação coletiva e confronta a ideia perversa de que a pobreza é uma virtude aos olhos de Deus, e deve ser combatida como cria das injustiças do homem.

O Brasil detém terra pública e improdutiva suficiente à reforma agrária e os movimentos sociais reivindicam esse direito constitucional através de ocupações, protestos e proposições de políticas rurais.

Contudo, os  espaços públicos e estoques naturais estão sendo disputados com o latifúndio e o resultado dessas forças desiguais são os conflitos territoriais. A violência aos camponeses, sem terra, índios e quilombolas, aumentaram no último ano e as conquistas dos movimentos sociais no campo estão sendo desmontadas.