Comissão deve enviar, nesta segunda, relatório sobre condições no Cea e Cetrim p - WSCOM

menu

Policial

20/03/2006


Comissão deve enviar, nesta segunda,

EXCLUSIVO – Integrantes da comissão formada por OAB, Ministério Público e Conselho de Psicologia emitirá relatório que diagnostica a situação das crianças e adolescentes do Centro de Triagem de Menores (Cetrim) e Centro Educacional do Adolescente (Cea), ambos localizados em João Pessoa, o qual a entende como sub-humanas. O documento deve ser enviado nesta segunda-feira, 20, para o Ministério da Justiça, em Brasília.

“É uma calamidade’, antecipou ao WSCOM Onlineo curador da Infância e Juventude, Aderbaldo Soares de Oliveira, que não descarta pedido de interdição.

O relatório lista os problemas e aponta recomendações – ações para contornar as deficiências detectadas durante inspeções surpresas realizadas na última quinta-feira.

Depois da ronda, os membros da comissão se declararam estarrecidos. ‘Deveria ser imediatamente fechada, pois não existe a menor condição de sobrevivência e dignidade’, disse a presidente do Conselho de Psicologia, Edésia Almeida.

Os problemas são de infra-estrutura – selas cheirando a mofo e sujeira, cozinhas desequipadas, alimentação deficiente, falta de profissionais e até de água – e também de ordem jurídica: no Cetrim, onde menores deveriam ficar apenas um dia útil, chegam a passar semanas apreendidos, sem direito a um telefonema.

No Cea, boa parte dos internos já poderiam ter sido beneficiados com progressões. ‘Vamos fazer uma triagem urgente para identificar quem ficar e quem deve sair’, informou o curador. Ele pediu ajuda da OAB para montar equipe de advogados para analisar os processos.

Notícias relacionadas