Comerciante é vítima de seqüestro relâmpago em Esperança - WSCOM

menu

Policial

23/08/2005


Comerciante é vítima de seqüestro

Um comerciante identificado apenas por Aderaldo, residente em Esperança, foi vítima de seqüestro no final da tarde desta segunda-feira com pedido de resgate, mais o caso somente foi levado ao conhecimento da polícia quase quatro horas depois.

Segundo informações da esposa de Aderaldo, a senhora Marinalva, disse que havia recebido uma ligação telefônica informando que seu marido estava em poder de seqüestradores e que ela deveria realizar um depósito de R$ 15 mil em uma conta da Caixa Econômica Federal, da cidade de Esperança.

Cerca de vinte minutos depois a polícia conseguiu contato com o senhor Aderaldo, que informou ter recebido uma ligação telefônica de uma mulher se passando por funcionária da Empresa de Telefonia TIM informando que seria realizada uma manutenção em sua linha telefônica e que ele deveria desligar o aparelho celular.

Recebendo orientação da polícia a senhora Marinalva se deslocou à agência da Caixa Econômica para falar com o gerente e tentar bloquear o depósito que já havia sido feito para que seu marido pudesse ser liberado.

O gerente da agência bancária fez o rastreamento da conta que estava em nome de Neide Gomes, da cidade de Niterói-RJ. Depois de manter contato com o comerciante o gerente tentou bloquear o depósito, mas os golpistas já haviam sacado a quantia de aproximadamente R$ 800,00. O caso está sendo apurado pelo delegado de Esperança.

Notícias relacionadas