Com ministro, Wilson Filho pede mais investimentos e reforma da sede da PBTur - WSCOM

menu

Política

21/02/2018


Com ministro, Wilson Filho pede mais investimentos e reforma da sede da PBTur

O secretário executivo de Representação Institucional do Estado da Paraíba, Adauto Fernandes, também participou da reunião

Investimentos e a reforma e a modernização da sede da PBTur e do no Centro Turístico de Tambaú em João Pessoa foram os temas principais da audiência realizada na última terça-feira (20), entre o deputado federal e coordenador da bancada paraibana na Câmara, Wilson Filho (PTB), e o ministro do Turismo, Marx Beltrão, em Brasília. O secretário executivo de Representação Institucional do Estado da Paraíba, Adauto Fernandes, também participou da reunião.

O parlamentar paraibano expôs ao ministro as ações que vêm sendo realizadas no Estado para potencializar essa atividade econômica que gera muitos empregos e contribui de modo significativo com o desenvolvimento do Estado.  Porém, Wilson Filho falou que o setor ainda carece de mais investimentos para crescer no ritmo de seu potencial.

“O turismo é hoje fonte de renda de muitas famílias paraibanas. É uma vocação do nosso Estado e, para que continue crescendo e possa gerar ainda mais empregos, é preciso mais investimentos. A PBTur tem feito um trabalho fundamental e precisa de mais estrutura para que esse trabalho seja ampliado”, argumentou o deputado.

Wilson Filho aproveitou ainda para levar algumas necessidades de outros municípios do Estado, que precisam ter um olhar mais atento do Ministério, segundo ele, para que tenham mais êxito nas ações turísticas que já vêm sendo realizadas.

Mapa do Turismo – A Paraíba possui 101 cidades classificadas com potencial para a atividade turística, segundo novo Mapa do Turismo Brasileiro, divulgado no ano passado e que acrescentou mais 59 municípios paraibanos à lista. O levantamento é organizado pelo Ministério do Turismo.

Em todo o país, foram listados 3.285 municípios em 328 regiões turísticas, um crescimento exponencial em relação ao Mapa de 2016, quando foram registradas 2.175 cidades em 291 regiões.

Notícias relacionadas