Com grande votação, advogado Paulo Maia é reeleito presidente da OAB-PB - WSCOM

menu

28/11/2018


Com grande votação, advogado Paulo Maia é reeleito presidente da OAB-PB

Foto: autor desconhecido.

Por Redação / Portal WSCOM

O atual presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Paraíba (OAB-PB), Paulo Maia, foi reeleito para o cargo, em eleição realizada nesta quarta-feira (28). Desde o início da apuração, os resultados apontavam a tendência de vitória do candidato à reeleição pela “Chapa 1”, com larga diferença de votos sobre os advogados adversários Carlos Fábio, da “Chapa 5” e Sheyner Asfóra, da “Chapa 2”.

 

“Agradeço a Deus por sua proteção permanente e de ter cuidado de mim ao longo dessa campanha. Obrigado a cada advogado e advogada paraibana. A verdade venceu”, agradeceu Paulo Maia, antes mesmo da conclusão da apuração.


De acordo com o resultado final em João Pessoa, principal colégio eleitoral da OAB-PB, o advogado Paulo Maia venceu a disputa em todas as 15 urnas disponibilizadas aos advogados. Ele obteve 2.355 votos, impondo uma diferença de 892 votos sobre o segundo colocado, o advogado Carlos Fábio, que recebeu 1.463 sufrágios. Sheyner Asfóra teve 994 votos nas urnas da Capital.


Já na subseção de Campina Grande, o advogado Carlos Fábio venceu com 556 votos, impondo uma diferença de 85 sobre Paulo Maia, que recebeu 471 votos, enquanto que Sheyner Asfóra ficou com 297 votos.


Na subseção da OAB-PB em Patos, Paulo Maia ficou em primeiro lugar com 187 votos; Carlos Fábio, em segundo com 90; e Sheyner Asfóra na terceira posição com 29 escolhas.

Logo após o início da apuração, o advogado Sheyner Asfóra, da “Chapa 2”, reconheceu a derrota, agradeceu os votos recebidos e desejou sucesso ao presidente reeleito Paulo Maia. “Em primeiro lugar gostaria de agradecer às advogadas e aos advogados que acreditaram na mudança e numa nova OAB. Foi uma campanha bonita e vibrante. Pautamos temas da maior relevância para a advocacia e seguimos na luta. Parabenizo Paulo Maia pela vitória e desejo sucesso em sua gestão”, disse.