Com atraso de mais de uma hora começa reunião de Maranhão com Frente de Esquerda - WSCOM

menu

Política

23/06/2006


Com atraso de mais de

A reunião da Frente de Esquerda com o senador José Maranhão (PMDB), marcada para começar às 10h foi adiada, porque o senador estava na cidade de Araruna. Neste momento (11h15) o pré-candidato do PMDB já está se dirigindo para sua casa, no Altiplano.

O presidente do PSB municipal, Edvaldo Rosas irá entregar um documento contendo os nomes escolhidos pela frente e alguns pontos considerados fundamentais para a aliança, dentre eles, de que o vice deve sair da Frente.

Rosas juntamente com estrelas do PT, PCB e PC do B, resolveram esperar o senador num posto de gasolina na final da Beira Rio. O presidente garantiu a presença do prefeito Ricardo Coutinho na reunião, que foi remarcada para as 11h.

A Frente pretende que o senador dê o ‘de acordo’ a um documento redigido pelos partidos, onde estipulam quatro pontos básicos. Sem eles não é possível levar a adiante a aliança.Rosas falou ao Portal WSCOM Online sobre as exigências do documento.

“O eixo central é que qualquer um dos quatro partidos deverá participar da chapa majoritária de vice. Isso é consenso entre nós”, explica.

Outras questões assinaladas pelo presidente são a participação dos partidos na elaboração do programa de Governo; na gestão do Governo e na coordenação da campanha.

Além disso, a Frente quer que seja criado um conselho político para coordenar a campanha em conjunto com o PMDB.

O senador deverá se comprometer com esses pontos e não há possibilidade de negociação, assim garantiu Rosas.

“O documento foi acordado entre os quatro partidos de forma consensual e a formatação da Frente está consolidada através desse conteúdo”, conclui.