Com arbitragem polêmica, Corinthians vence São Paulo por 2 a 1 - WSCOM

menu

Futebol

18/02/2019


Com arbitragem polêmica, Corinthians vence São Paulo por 2 a 1

Próximo jogo do time de Fábio Carille é contra o Botafogo de Ribeirão Preto, no domingo (24), fora de casa

© Divulgação/Corinthians - Rodrigo Coca

Corinthians e São Paulo fizeram um bom clássico neste domingo (17), pela Arena Corinthians, que teve vitória por 2 x 1 para o time da casa pela sétima rodada do Campeonato Paulista.

Os gols foram marcados por polêmicas da arbitragem.

 

Aos 41 minutos de jogo, Clayson cruzou bola na área que sobrou para Pedrinho finalizar e Tiago Volpi espalmar para escanteio. Após a cobrança, Manoel abriu o placar de cabeça, primeiro gol do zagueiro com a camisa do novo clube.

 

Após a cabeçada, Tiago Volpi até conseguiu fazer a defesa, porém a bola já havia ultrapassado totalmente a linha do gol.

 

O problema é que a bola cruzada por Clayson, que originou o escanteio, saiu na linha de fundo, o que daria tiro de meta para o São Paulo.

 

O empate do São Paulo veio aos 11 minutos do segundo tempo, em escanteio que Pablo completou no primeiro pau para o fundo das redes.

 

Na origem do escanteio, uma bola cruzada na área corintiana, o atacante Antony teria feito falta em Danilo Avelar, que desviou a bola para a linha de fundo.

 

O gol da vitória corintiana saiu após cruzamento da direita em que Volpi tentou subir para afastar, porém não acertou a bola, que bateu no atacante Gustavo antes de entrar.

 

Para o goleiro, Vagner Love teria feito falta que o impediu de alcançar a bola.

 

Também no segundo tempo, o São Paulo ainda conseguiu marcar com Arboleda, após escanteio cobrado por Reinaldo. Contudo, o árbitro Lucas Bellote viu toque de mão de Gonzalo Carneiro antes da finalização de Arboleda.

 

Com a vitória, o Corinthians volta a vencer após três jogos (dois empates) e sobe da terceira posição para a liderança do Grupo C, com 10 pontos.

 

O próximo jogo do time de Fábio Carille é contra o Botafogo de Ribeirão Preto, no domingo (24), fora de casa.

 

Já o São Paulo, apesar de ter marcado após três jogos, amarga o quarto confronto sem vencer (três derrotas) e vê a crise do clube se aprofundar ainda mais após a eliminação precoce na Libertadores.

 

O time, que ocupa a segunda posição do Grupo D com 9 pontos, pode ser ultrapassado pelo Oeste, que joga nesta segunda-feira contra o São Bento.

 

Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o Red Bull Brasil, domingo (24) no Morumbi.

 

CORINTHIANS

Cássio; Fagner, Henrique, Manoel e Danilo Avelar; Ralf, Junior Urso (Richard), Pedrinho (Mateus Vital), Sornoza e Clayson (Vagner Love); Gustavo.
T.: Fábio Carille

 

SÃO PAULO

Tiago Volpi; Igor Vinícius, Arboleda, Bruno Alves e Reinaldo; Hudson, Willian Farias (Nenê), Hernanes; Everton (Antony), Pablo (Diego Souza) e Gonzalo Carneiro.
T.: Vágner Mancini

Árbitro: Lucas Canetto Bellote
Auxiliares: Daniel Luis Marques e Emerson Augusto de Carvalho
Público/Renda: 42.203 pagantes/R$ 2.219.753
Cartões amarelos: Pedrinho (COR); Igor Vinícius e Hernanes (SPA)

 

Gols: Manoel (COR), aos 43 minutos do primeiro tempo, e Gustavo (COR), aos 27 minutos do segundo tempo; Pablo (SPA), aos 11 minutos do segundo tempo.

 

Com infomrações da Folhapress