Cinco ônibus são incendiados em Fortaleza - WSCOM

menu

Policial

25/03/2018


Cinco ônibus são incendiados em Fortaleza

Três suspeitos foram presos em flagrante com galão de gasolina

Cinco ônibus foram destruídos em ataques incendiários neste sábado (24) em Fortaleza após uma tentativa de ataque na Secretaria de Justiça que resultou na morte de três suspeitos. Após a sequência de crimes, a Empresa de Transporte Urbano de Fortaleza (Efufor) decidiu que os veículos vão circular em comboios com acompanhamento de policiais militares e guardas municipais.

Três suspeitos de participação nos ataques foram presos na noite deste sábado. Segundo a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, eles foram vistos com galões de combustível e se preparam para novos ataques.

As prisões ocorreram na Rua Castro e Silva, próximo à Praça da Estação, no Centro de Fortaleza. Os incêndios ocorreram nos seguintes locais:

  • Avenida Leste-Oeste
  • Dois na Praça Coração de Jesus
  • Avenida Imperador
  • Avenida Maestro Lisboa

Bloqueadores de celular

Na noite de quinta-feira (22), um bando tentou realizar um ataque a uma agência dos Correios no Bairro Padre Andrade, também em Fortaleza. No local foi deixada uma carta de ameaça de mais ações criminosas caso fossem instalados bloqueados de celular em presídios, como defendem o governador do Ceará, Camilo Santana, e o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE).

O Senado aprovou em fevereiro uso de recursos para instalação de bloqueadores de celulares nos presídios de todo o Brasil.

Não há confirmação se há relação entre os ataques a ônibus ocorridos neste sábado e os crimes ocorridos na sede dos Correios.

Sequência de ataques a ônibus

Segundo a Polícia Militar, por volta das 19h40, três criminosos entraram no veículo e madaram os passageiros descer. Em seguida jogaram coquetel molotov e em seguida fugiram. Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi ao local e controlou as chamas. Não há informação de feridos.

No início da noite deste sábado criminosos incendiaram um ônibus da linha 752- Caça e Pesca / Centro na Avenida Leste-Oeste, nas proximidades da Igreja de Santa Edwiges, no Bairro Moura Brasil na capital.

Por volta das 18h20, dois homens pararam o ônibus e mandaram os ocupantes descerem. Logo em seguida, eles queimaram o veículo e fugiram. Não houve feridos.

Um outro ataque ocorreu na Rua Padre Mororó, esquina com a Rua Castro e Silva, no Centro da capital, mas o coletivo não foi incendiado. Cinco homens armados entraram no veículo e jogaram coquetel molotov e fugiram. Moradores e passageiros controlaram as chamas.

G1

Notícias relacionadas