Cientistas relacionam má nutrição com a aids - WSCOM

menu

Internacional

19/10/2005


Cientistas relacionam má nutrição com

A pobreza e miséria com a conseqüente má nutrição podem ser também causas determinantes de deficiências no sistema imunológico. Esta interpretação social da quebra do sistema imunológico é da doutora Catherine Henkins, diretora científica do Departamento de Informação Estratégica e Mobilização Social da UNAIDS.

A explanação pode elucidar porque a África é hoje o continente com a grande maioria de vítimas no mundo.

A pesquisadora chama a atenção para a diferença do sistema imunológico de quem vive num continente rico e desenvolvido. Afinal, uma boa alimentação dá mais resistência às pessoas.

Catherine aponta uma relação entre pobreza, miséria e má nutrição com a predisposição dos indivíduos à infecção pela Aids. Segundo a médica, muitas pessoas pobres e com fome trocam sexo por alimentos. É uma relação de necessidade material com o sexo.

Isso torna as pessoas mais vulneráveis ao HIV, principalmente quando ganham o dobro ou o triplo para fazerem sexo sem preservativo.

Algumas pesquisas estão observando a existência de correlação da quebra do sistema imunitário e a infecção pela aids, devido à pobreza e a miséria. De acordo com Catherine Henkins, é certo que a má nutrição estraga o sistema imunológico e é muito provável a existência de uma vulnerabilidade provocada diretamente e biologicamente pela pobreza.

Notícias relacionadas