Chinês é condenado à morte por corrupção - WSCOM

menu

Internacional

25/08/2005


Chinês é condenado à morte

Um funcionário do governo chinês foi condenado à morte ontem por gastar milhões de dólares em dinheiro público durante uma viagem a Macao, segundo informam jornais chineses nesta quinta-feira.

A sentença de Li Shubiao justificava que o funcionário se apropriou de verbas públicas para gastar em apostas, segundo a Corte Pública de Shenzou.

As provas demonstram que Li, ex-diretor do Centro de Fundos Públicos de Shenzou, conseguiu empréstimos ilegais que somavam mais de US$ 12 milhões entre setembro de 1999 e janeiro de 2004. A maior parte dessa quantia foi gasta em apostas durante viagens a Macao. US$ 10 milhões nunca foram recuperados.

A mídia chinesa tem dado extensa cobertura a prisões de jogadores por usar dinheiro público. Líderes comunistas afirmam que as apostas alimentam a corrupção e o crime organizado.

Notícias relacionadas