Chico Franca desmente Vital Filho e diz que deputado se queixa de desfiliação do - WSCOM

menu

Política

18/10/2005


Chico Franca desmente Vital Filho

O presidente da Agência de Regulação do Estado da Paraíba (ARPB), Chico Franca, rebateu as queixas feitas pelo deputado estadual Vital Filho, de que a ARPB se tornaria um ‘cabide de empregos’. Segundo Franca, “Vital Filho se utiliza de forma irresponsável de mentiras para tentar denegrir a imagem dos seus adversários políticos”.

Na avaliação de Chico Franca, Vital Filho está agindo assim em represália à sua saída do PDT, partido ao qual era filiado. “É uma tentativa de retaliação a sua saída involuntária, pois conseguimos provar ao partido e a toda sociedade paraibana a sua desleal postura política”, disse.

Para o presidente estadual do PDT, a finalidade do Projeto de Lei n° 954/2005, que tramita na Assembléia, é redimensionar os quantitativos de Cargos Comissionados dos atuais 13 para 18 e os Cargos Efetivos, que deverão ser providas mediante concurso público, de 20 para 57, significando um total de 75 cargos na nova estrutura. Vital afirmou que esse número total é de 132 cargos, sendo que 57 deles seriam nomeados por meio de concurso.

“Cometendo nova falha, o citado parlamentar não leu corretamente o texto do Projeto de Lei e atribuiu ao governador a indicação de oito conselheiros, quando na realidade o Conselho Estadual de Regulação, Controle e Fiscalização de Serviços Públicos, órgão consultivo da ARPB, será constituído de 8 membros, sendo que apenas um representante será indicado pelo Poder Executivo, e os demais pelos órgãos e instituições nele representadas, inclusive o Poder Legislativo”, rebateu Franca.

Por último a remuneração atual do Diretor Presidente da ARPB é de 3.029 (três mil e vinte e nove reais) e não R$ 9,2 mil com tinha afirmado o citado parlamentar se contradiz e reconhece a inconseqüente declaração, já que em nova declaração afirma que a remuneração proposta para o cargo de Diretor Presidente será de R$ 7.830,00 (sete mil oitocentos e trinta reais).

Notícias relacionadas