Cássio lembra contribuição à PB para ranking de competitividade - WSCOM

menu

Paraíba

21/09/2017


Cássio lembra contribuição para ranking

COMPETITIVIDADE

Foto: autor desconhecido.

Em 2006, a Fundação de Economia e Estatística Siegfried Emanuel Heuser, ligada à Universidade Federal do Rio Grande do Sul, e o Movimento Brasil Competitivo divulgaram o índice de competitividade estadual: a Paraíba foi classificada como o 11º estado mais competitivo do país. Nesta quarta, o governador Ricardo Coutinho recebeu a comenda para o Estado pela 10ª colocação no Ranking de Competitividade dos Estados 2017.

Os fatores prioritários analisados já naquele estudo de 2006 foram a qualificação da Força de Trabalho, o Conhecimento, a Inovação e a Infraestrutura do Estado. No quesito Infraestrutura, por exemplo, a pesquisa do MBC abordou aspectos relacionados a transporte, comunicação, saúde e energia. No item saúde, o estudo abordou desde a condição dos hospitais, número de leitos até o sistema de saneamento básico oferecido à sociedade. Já nos transportes, as condições das estradas e os aeroportos foram avaliados.

Para o senador Cássio Cunha Lima, que era governador da Paraíba na época do estudo realizado pelo MBC, a atual colocação do estado é o fruto da soma de vários fatores. Em primeiro lugar, a capacidade de trabalho do paraibano, que se qualifica cada vez mais. Ele parabenizou principalmente o setor produtivo, cujo empreendedorismo gera riquezas para o Estado a partir da força de trabalho de excelência de milhares de paraibanos.

Trabalho realizado – No plano público, administrações exitosas dos municípios, além de ações de diversos governos como, por exemplo, a construção de reservatórios no período de governo de Wilson Braga; o incentivo à educação implementado por Tarcísio Burity, que, entre outras ações, estadualizou a UEPB; as ações de saneamento das contas públicas e adutoras feitas por Ronaldo Cunha Lima; as obras realizadas no governo de José Maranhão, passando pelo grande ajuste fiscal, autonomia da UEPB, além de programas como o Boa-Nova (de saneamento básico) e os Novos Caminhos (estradas), a universalização do ensino médio e a realização de obras estruturantes, como o gasoduto até Campina Grande, realizados no governo Cássio, são legados que marcam positivamente as gestões públicas da Paraíba.

Na atual gestão, Cássio destacou a continuidade das obras de construção de estradas, do canal Acauã – Araçagi e do Centro de Convenções Ronaldo Cunha Lima como ações positivas de políticas públicas.

Assessoria do senador