Cássio diz que pesquisa Brasmarket desmonta liderança de Maranhão rumo ao Govern - WSCOM

menu

Paraíba

06/06/2006


Cássio diz que pesquisa Brasmarket

O governador Cássio Cunha Lima disse hoje ao WSCOM Online que a pesquisa do Instituto Brasmarket, divulgada no sábado 3, desmonta liderança do senador José Maranhão (PMDB) na corrida pelo Governo do Estado.

“Serve apenas para mais uma vez desmentir o que ele vinha dizendo que tinha 70% dos votos. A eleição é no dia 1º de outubro, e é de lá que o resultado virá”, reforçou o governador durante solenidade que marcou a ampliação da fábrica Penalty, em Bayeux. A empresa fará investimentos de R$ 1 milhão, gerando 1.500 empregos.

Ele não quis ampliar os comentários, pois admite que não conhece metodologia empregada pelo Brasmarket. ‘Não comento, pois não conheço a forma de apuração’, desconversou.

A pesquisa dá empate técnico entre ele que aparece com 28, 8% e o também pré-candidatos ao Governo do Estado, José Maranhão (PMDB), que ficou com 30,8% das intenções de voto registrados pelos pesquisadores.

Ampliação da Penalty – “Com essa ampliação da Penalty foram gerados mais 1.500 novos empregos, dentro da política de investimentos industriais que estamos fazendo”, afirmou.

No último investimento, lembrou ele, foram 20 mil postos de trabalhos formais, com carteiras de trabalho assinadas.

A vinda do Call Center, do grupo Coteminas, que estava nos Estados Unidos, para Campina Grande. São mais de duzentos empregos, com salários iniciais de R$ 2 mil.

“Vamos continuar interiorizando investimentos”, concluiu.