Cássio diz que estímulo a agrotóxico e retirada de orgânicos dos supermercados são retrocesso - WSCOM

menu

Política

03/07/2018


Cássio diz que estímulo a agrotóxico e retirada de orgânicos dos supermercados são retrocesso

Foto: autor desconhecido.

Para o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), a aprovação em comissões na Câmara dos Deputados dos PL 6299/2002 (dos Agrotóxicos) e também do PL 4576/2016, que tenta impedir a venda de produtos orgânicos nos supermercados, representa um verdadeiro retrocesso que se tenta impor à saúde da população brasileira, em nome de interesses econômicos.

Cássio também tem se colocado contra a aprovação de outro Projeto de lei da Câmara, atualmente em tramitação no Senado, que pretende retirar dos rótulos a identificação de alimentos com componentes transgênicos, impedindo o consumidor de saber o conteúdo de sua própria refeição.

Recentemente, ele realizou um encontro no Senado com representantes da sociedade civil contrários à retirada da informação sobre transgênicos, a exemplo da especialista em Agricultura e Alimentação do Greenpeace, Marina Lacôrte, e da chef de cozinha Paola Carosella. “Os consumidores têm direito a esta informação e vou defender essa posição”, se comprometeu.

Já sobre a aprovação do chamado “PL do Veneno” e também do projeto que tenta proibir a venda de orgânicos nos supermercados, Cássio diz que são decisões medievais, que não estão em harmonia com a necessidade de hábitos alimentares saudáveis, o cuidado cada vez maior do cidadão com o bem estar, e o estímulo à atividade econômica da agricultura familiar, principalmente nos municípios do interior do País.

Notícias relacionadas