Cássio decreta luto oficial de três dias e lamenta morte de Miguel Arraes - WSCOM

menu

Política

13/08/2005


Cássio decreta luto oficial de

O governador Cássio Cunha Lima em nota oficial divulgada na tarde deste sábado, lamentou profundamente a morte do ex-deputado federal Miguel Arraes, 88. Tão logo soube da morte do ex-governador de Pernambuco, Cássio assinou, em Patos, onde ainda se encontrava, decreto de luto oficial por três dias na Paraíba.

De acordo com o governador paraibano, Miguel Arraes deixa um legado importante para a vida pública nacional, como um líder político carismático que marcou sua biografia por valores extremamente preciosos para a consolidação da democracia e das instituições. “Arraes é um dos símbolos de uma geração que não mediu as conseqüências para garantir a liberdade democrática”, sintetizou Cássio.

Na nota oficial, o governador destaca ainda que a militância política de Miguel Arraes, um cearense que se sagrou como uma das grandes lideranças de Pernambuco no século passado, será sempre uma referência na vida nacional, e muito especialmente neste momento em que o Brasil experimenta um dos momentos mais delicados pós-restauração democrática.

Já no decreto que estabelece o luto oficial na Paraíba, o governador pontifica o testemunho e as lutas travadas pelo cidadão Miguel Arraes, em defesa dos direitos humanos e da formação da cidadania e da democracia no Brasil, principalmente, no Nordeste brasileiro, ao mesmo tempo em que aponta o ex-deputado federal e ex-presidente nacional do PSB como “símbolo de resistência pelos ideais socialistas e democráticos”.

O Governo do Estado encaminhou ainda neste sábado uma coroa de flores para o velório do corpo de Miguel Arraes, em Pernambuco, externando a mensagem de pesar do povo paraibano.

Notícias relacionadas