Cássio anuncia criação de Curso de Medicina no Sertão e desafia Oposição a mostr - WSCOM

menu

Paraíba

25/08/2005


Cássio anuncia criação de Curso

O governador Cássio Cunha Lima, que está em Cajazeiras realizando uma série de atividades relacionadas à instalação do Governo Itinerante, afirmou em entrevista coletiva que irá se empenhar para criar a criação do curso superior de Medicina no Sertão paraibano. Ele reafirmou um desafio feito à Oposição a mostrar algum município sem obras do Governo do Estado.

“A ação do nosso governo está espalhada pelos 223 municípios da Paraíba e desafio a oposição a mostrar um único município onde não tenha uma obra do governo do Estado”.

O governador lembrou os muitos programas do governo do Estado que estão sendo desenvolvidos nos municípios do interior e disse que as obras de eletrificação rural, abastecimentos de água, construção e recuperação de estradas, entrega de títulos da casa própria, são uma realidade hoje em todos os municípios do Estado.

Cajazeiras disputa com a cidade de Sousa para sediar um campus da Universidade Federal de Campina Grande. Cássio descartou uma posição pessoal sobre qual dos dois municípios será contemplado com a instalação da UFCG.

Ele garantiu que tem trabalhado pelo planejamento de expansão da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) dentro de uma lógica que venha beneficiar os municípios e não incentivar uma guerra entre eles.

“Temos defendido que se um município é beneficiado com um campus da UFPB ou da UFCG, o outro município deve receber o campus da UEPB. Assim, vamos ter a UEPB expandida de forma que os municípios e as regiões do Estado saiam ganhando”.

Dentro desse processo de expansão das universidades, o governador cita os exemplo de Sumé e Cuité. Ele lembrou que o MEC decidiu pela instalação de um campus da UFCG em Sumé. Neste caso, o município de Monteiro vai receber o campus da UEPB.

A mesma coisa, segundo o governador, está acontecendo com o município de Cuité, que receberá o campus da UFCG. A UEPB já decidiu que o seu campus será instalado na cidade de Picuí. “Esta, acredito eu, é a lógica mais correta para se manter a expansão das universidades”, lembra o governador Cássio.

Notícias relacionadas