Caseiro confirma encontro com senador tucano antes de depor - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

29/03/2006


Caseiro confirma encontro com senador

O caseiro Francenildo dos Santos Costa, pivô do processo que culminou com a demissão de Antonio Palocci do Ministério da Fazenda, reafirmou à corregedoria do Senado que esteve no gabinete do senador Antero Paes de Barros (PSDB-MT) antes de tornar públicas suas afirmações contra o ministro.

Ele disse que, após ver seu nome nos jornais, envolvido com o caso, ficou com receio de ser intimado a depor e procurou o corretor que tinha alugado a casa em que trabalha. Este entrou em contato com uma terceira pessoa que o levou ao gabinete de Antero no Senado.

“Pedi ajuda ao senador, embora eu não o conhecesse. A princípio ele não confiou em mim e tentou falar com vários jornalistas”, disse Francenildo nesta terça-feira, segundo a Agência Senado.

Na sequência, o caseiro deu entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, em que relatava a presença de Palocci na casa que era alugada por ex-assessores do ministro envolvidos em lobby. Palocci sempre negou sua presença na casa.

Apesar do contato com o senador, o caseiro negou orientação política nas acusações a Palocci. Após a entrevista, o caseiro prestou depoimento por cerca de 40 minutos à CPI dos Bingos, mas a sessão foi suspensa por decisão do Supremo Tribunal Federal.

O pedido para que o caseiro fosse ouvido pela corregedoria foi feito pelo senador Almeida Lima (PMDB-SE).

Notícias relacionadas