Cartilha será levada às escolas de ensino médio para orientar jovens sobre impor - WSCOM

menu

Paraíba

12/06/2006


Cartilha será levada às escolas

A Escola Judiciária Eleitoral preparou uma cartilha que será encaminhada aos estudantes do ensino médio, com o objetivo de orientá-los sobre a importância do voto. O público principal desta ação são os jovens de 16 e 17 anos, para quem o voto não é obrigatório.

“Nós pensamos em fazer uma campanha educativa para os jovens aptos a votar, e nosso objetivo é justamente alcançar esses jovens, para que tenham consciência do que é votar, o que é exercer a cidadania. Eles são influenciadores de opinião, e chegam até os pais”, disse a coordenadora da Escola Judiciária, Maria dos Remédios Gonçalves dos Santos.

Para o diretor da instituição, o juiz Alexandre Targino Gomes Falcão, uma pesquisa recente demonstrou que os jovens têm participado mais dos assuntos políticos nacionais, e precisam de mais orientação sobre irregularidades eleitorais.

“Sobre a importância do voto e de acompanharem o trabalho dos seus candidatos eleitos, para exercer a cidadania e assegurar com mais ênfase a soberania popular. Eles precisam saber que voto não se vende. E a sociedade brasileira já evidenciou isso”, disse.

Clique aqui e ouça trecho da entrevista com o juiz Alexandre Targino.