Cartaxo entrega novo prédio de Centro de Línguas e aumenta vagas de ensino - WSCOM

menu

Paraíba

06/04/2017


Cartaxo entrega novo Centro de Línguas

NA AV. EPITÁCIO

Foto: autor desconhecido.

Pensando no futuro e buscando dar novas oportunidades para a população de João Pessoa, o prefeito da Capital, Luciano Cartaxo, entregou, na manhã desta quinta-feira (6), o novo prédio do Centro de Línguas Estrangeiras (Celest), na avenida Epitácio Pessoa. O espaço permite a ampliação em 50% da capacidade de ensino de cinco idiomas para a população da Capital, chegando a 3 mil alunos. Na ocasião, o prefeito destacou a democratização do ensino de línguas estrangeiras e o horizonte de perspectivas que se abre para os pessoenses a partir desse tipo de investimento.

“Isso é uma demonstração do nosso compromisso com a população e com a educação em nossa cidade. Educação é o que faz a gente enxergar mais longe, que faz a gente ter um horizonte para onde a gente possa andar em direção a novas oportunidade. Aqui tem uma coisa chamada foco, planejamento, determinação, trabalho e resultados. Que é o que está fazendo diferença na nossa gestão. Tudo aqui é inteiramente gratuito para os alunos da rede municipal, para quem trabalha com turismo, com gastronomia, com a rede hoteleira”, afirmou o prefeito.

Os cinco idiomas oferecidos no Celest são Inglês, Espanhol, Alemão, Libras e Francês e os cursos chegam a durar até três anos. Com a entrega das novas instalações, os alunos retomam o calendário de aulas na próxima segunda-feira (10) e, como destacou o prefeito, até mesmo o acesso dos estudantes acontece de forma gratuita, uma vez que através do passe livre estudantil, eles não pagam as passagens do transporte público. O prédio entregue possui nove salas de aula e novas instalações, como uma sala de convivência, biblioteca e sala de apoio psicopedagógico.

O diretor do Celest, Jonathan Vieira, afirmou que o Celest muda os paradigmas do ensino de línguas na Capital. “Para quem vive da educação e acredita nela, esse é um espaço onde a gente vai poder inspirar ainda mais pessoas a buscarem uma qualificação. João Pessoa vem dando exemplo de internacionalização. Temos projetos magníficos na nossa Prefeitura, e o Celest é só um deles, que mostra nosso compromisso de deixar a nossa sociedade cada vez mais preparada para lidar com o internacional, seja na parte de desenvolvimento, como com os projetos do BID, seja em formação continuada de professores”, declarou.

A solenidade da entrega do novo prédio contou com a presença do cônsul da Diplomacia Pública do Consulado Geral dos Estados Unidos, em Recife, Matt Kiner, que enfatizou a importante parceria junto à Prefeitura Municipal de João Pessoa para ampliar o ensino do inglês no município e destacou o empenho que o governo municipal vem desempenhando há três anos para fortalecer e preparar a Capital neste sentido. “O ensino de outras línguas abre muitas portas para a cidade e é uma honra muito grande saber que estamos participando desse projeto”, disse.

Além dele, também participaram da solenidade, a coordenadora nacional do Projeto Toelf ASS, Carla Macedo, e a professora do Departamento de Línguas Estrangeiras da UFPB, Mariana Peres. O vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior, o procurador do Trabalho, Cláudio Gadelha, secretários municipais e o presidente municipal do PSD, Lucelio Cartaxo também estiveram presentes.

Aulas

As aulas do primeiro semestre do ano 2017 serão retomadas na segunda-feira (10), com cerca de 500 novos alunos. Atualmente, o local possui cerca de dois mil alunos entre novatos e veteranos. O serviço é destinado a alunos da rede pública de ensino, servidores do município e funcionários da área do Turismo e neste semestre o Celest acrescentou número de vagas para o público geral.

Os alunos aprendem escrita, leitura, audição e conversação. Os conteúdos são trabalhados e ministrados através de aulas expositivas, pesquisas, diálogos, leituras, debates e reflexões a partir da contextualização do material didático elaborado, levando-se em consideração diversos temas, a exemplo de cultura e sociedade. Nas aulas, são utilizados livros, textos, música, CD-ROM, DVDs, jogos, dentre outros recursos.
 

Notícias relacionadas