Carlos Magno diz que governador duvidou do potencial do São João de CG - WSCOM

menu

Política

22/04/2011


Magno diz que RC duvida do São João

DISCUSSÃO QUENTE

Foto: autor desconhecido.

O Coordenador de Comunicação da Prefeitura de Campina Grande, Carlos Magno, lamentou nesta sexta-feira (22) que o governador Ricardo Coutinho tenha duvidado do potencial econômico do Maior São João do Mundo, durante audiência com o prefeito Veneziano Vital do Rego e seus auxiliares. Segundo Magno, Ricardo “desdenhou” dos argumentos apresentados.

Carlos Magno disse que, durante a audiência, o prefeito Veneziano pediu para o secretário de Desenvolvimento Econômico, Gilson Lira, fazer uma explanação sobre o Maior São João do Mundo, antes de formalizar o pedido de apoio do Governo do Estado. “Gilson falou sobre todos os aspectos do evento, dos culturais aos econômicos”, disse o Coordenador.

Quando Gilson alegou a questão econômica, o governador duvidou do potencial apresentado. “Gilson destacou que, durante o mês de junho, Campina Grande tem a sua economia aquecida e que, por conta do crescimento nas vendas do comércio, setor hoteleiro e de serviços, a exemplo e bares e restaurantes, há um incremento na arrecadação do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços – ICMS, o que, até, beneficia diretamente o Estado”.

Neste momento, segundo Carlos Magno, o governador duvidou dos argumentos. “O que é arrecadado é mínimo, pois não há esse crescimento todo que você cita. Faça um levantamento que você vai ver. Você vai se decepcionar”, disse o governador. “Neste momento, todos ficamos surpresos com o que disse o governador. Não sei se foi desconhecimento ou o desejo de desdenhar mesmo do São João de Campina Grande”, disse Carlos Magno.

O Coordenador de Comunicação afirmou que dados apresentados por entidades como a Associação Comercial e Empresarial de Campina Grande, Câmara de Dirigentes Lojistas de Campina Grande e Sindicato dos Hotéis, Bares, Restaurantes, Lanchonetes e Similares, por si só, já comprovam que o governador tem uma visão equivocada do São João de Campina.

“Todos os anos Campina Grande acompanha, após o São João, as avaliações que são feitas por estas entidades e comprova que o São João aquece o município. Para estas entidades, o evento é considerado como um segundo Natal, em termos de vendas”, lembrou Magno, que participou da audiência do prefeito Veneziano com o governador, ao lado dos Secretários Gilson Lira, Ricardo Pedrosa e Hermano Nepomuceno, além do vereador líder do governo, Rodolfo Rodrigues.

Notícias relacionadas