Câmara de Cabedelo tem nova sessão tumultuada; presidente sai escoltada - WSCOM

menu

Política

05/12/2018


Câmara de Cabedelo tem nova sessão tumultuada; presidente sai escoltada

Foto: autor desconhecido.

Mais uma vez a Câmara Municipal de Cabedelo protagonizou cenas vergonhosas e de causar espanto. Na noite desta terça-feira (4), os vereadores se reuniram novamente e colocaram em pauta um projeto assinado pela maioria, com pedido de urgência para a votação de proposta que anula a eleição que elevou a vereadora Geusa Ribeiro à condição de presidente do Poder Legislativo.

Ao perceber a manobra dos colegas de parlamento, Geusa Ribeiro teria se recusado a aceitar a propositura do projeto.

De acordo com informações do blog do jornalista Écliton Monteiro, a partir desse momento, populares que ocupavam a galeria da Casa e também do lado de fora, iniciaram protestos.

O presidente do PT local, Alessandro Batista de Lima, conhecido como Sandro do Sindicato, que é assessor do vereador José Eudes, chegou a ser conduzido à delegacia acusado de desacato a guarda municipal que tentava manter a ordem no local.

 

A vereadora Geusa Ribeiro foi chamada de “golpista” e deixou a Câmara Municipal escoltada pela Guarda Municipal.


Por Redação com informações de Écliton Monteiro / Portal WSCOM