Câmara de Cabedelo cassa os direitos políticos do ex-prefeito Leto Viana; ex-gestor fica inelegível por 10 anos - WSCOM

menu

Política

23/11/2018


Câmara de Cabedelo cassa os direitos políticos do ex-prefeito Leto Viana; ex-gestor fica inelegível por 10 anos

Foto: autor desconhecido.

O ex-prefeito de Cabedelo, Leto Viana, teve os direitos políticos revogados pela comissão processante que analisa o caso na Câmara Municipal local, na noite desta sexta-feira (23). A votação ocorreu por unanimidade. Apenas um vereador, Reinaldo Barbosa (PSDB), não esteve presente à reunião.

 

Com a cassação, Leto Viana perde os direitos políticos por um período total de 10 anos, sendo os dois anos restantes do mandato de prefeito renunciados por ele somados a mais oito anos.

 

Leto Viana foi preso na “Operação Xeque-Mate”. Ele é suspeito de chefiar organização criminosa que atuava na Prefeitura Municipal de Cabedelo, sob a acusação de ter comprado o mandato do ex-prefeito Luceninha e assumido o seu lugar como vice da mesma chapa. Também pesa sobre o ex-gestor meios ilícitos pelos quais controlava a atuação de vereadores na Câmara de Cabedelo.

O ex-prefeito está preso desde o dia 3 de abril deste ano na carceragem do 5º Batalhão da Polícia Militar, dentro da Operação “Xeque-Mate”. Ele renunciou ao mandato no dia 16 de outubro.

 


Por Redação / Portal WSCOM