Cagepa atesta qualidade da água do Rio Gramame e recorrerá de auto de infração do Ibama - WSCOM

menu

Paraíba

21/02/2018


Cagepa atesta qualidade da água do Rio Gramame e recorrerá de auto de infração do Ibama

Em nota, o órgão estadual afirmou que irá recorrer da medida

Foto: autor desconhecido.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) expediu um auto de infração contra a Companhia de Água e Esgotos da Paraíba (Cagepa) no valor de R$ 12,5 milhões após o vazamento de soda cáustica no Rio Gramame, no Conde, na Grande João Pessoa.

Em nota, o órgão estadual afirmou que irá recorrer da medida. A Cagepa também informou que o PH da água do rio está dentro dos padrões permitidos, e que apura as causas do incidente.

Leia a nota:

‘A respeito do auto de infração expedido pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), referente ao rompimento de um tanque cilíndrico que armazenava hidróxido de sódio utilizado no tratamento da água produzida na Estação de Tratamento de Gramame, a Companhia de Água Esgotos da Paraíba (Cagepa) vem a público prestar os seguintes esclarecimentos:

1)      A Cagepa irá recorrer da medida, inclusive a instâncias superiores, se necessário.

2)    A água distribuída, a partir da Estação de Tratamento de Gramame, em nenhum momento foi afetada com o acidente, descartando, assim, qualquer possibilidade de prejuízos ao consumo humano.

3)      Desde o dia último 10, ou seja, um dia após o acidente na Estação de Tratamento, os testes realizados pela Gerência de Controle de Qualidade da Cagepa mostraram que o PH da água do Rio Gramame se encontrava dentro dos padrões permitidos para o convívio da fauna aquática;

4)   Por fim, a Cagepa informa que já adotou todos procedimentos administrativos necessários para apurar as causas do acidente e os possíveis responsáveis.’

Notícias relacionadas