Cagepa detecta esgoto clandestino à céu aberto em Cruz das Armas - WSCOM

menu

Policial

18/10/2005


Cagepa detecta esgoto clandestino à

Uma fiscalização realizada pela Cagepa na manhã desta terça-feira, na avenida Cruz das Armas, detectou que três residências estão sendo responsáveis pelo despejo de esgotos na rua. O diretor de Operação e Manutenção da empresa, Antônio Batista Guedes, participou da ação e classificou como ilegal a ação dos agentes poluidores. “A via é servida por esgotamento sanitário. Não há explicação para o despejo”, ressaltou.

Batista Guedes salientou que a Cagepa já comunicou a Secretaria de Meio Ambiente do Município (Seman) para que o órgão notifique os proprietários das residências. “A rua é dotada de rede coletora de esgotos e, por isso, todas as casas deveriam estar interligadas à rede coletora de esgotos”, ressaltou, lembrando que a ligação intra-domiciliar é de responsabilidade dos mutuários.

O secretário de Meio Ambiente da prefeitura da Capital, Antônio Augusto, informou que estará mandando uma equipe do órgão para notificar quem esteja despejando esgoto na rua. De acordo com Batista Guedes, os moradores descumprem a legislação quando deixam de fazer a ligação de esgoto para a rede coletora existente. “Além disso, eles prejudicam os vizinhos”, destacou.

Batista também ressaltou que é equivocada a informação de que a Cagepa estaria cobrando pela tarifa sem a devida prestação do serviço. “Apenas onde há rede coletora é feita a cobrança”, disse o diretor de Operação. Ele lembrou ainda que, com base na legislação, o pagamento da taxa é obrigatório para as pessoas que vivem em ruas onde há esgotamento sanitário.

Notícias relacionadas