Busca submarina encontra chassi de caixa-preta do voo 447 - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

27/04/2011


Robô encontra chassi de caixa-preta

Voo 447

Foto: autor desconhecido.

O BEA (escritório francês que investiga a segurança na aviação civil) informou nesta quarta-feira que um robô submarino encontrou o chassi de uma caixa-preta que registrou os dados do voo 447 da Air France, que caiu no oceano Atlântico em 2009, durante o trajeto entre Rio e Paris. Os 228 ocupantes morreram.

Segundo o BEA, o chassi do FDR (Flight Data Recorder) do Airbus A330 estava no fundo do mar, ao lado de outros destroços da aeronave.

O módulo de memória do aparelho –Crash Survivable Memory Unit–, que contém os registros de todas as informações do voo, ainda não foi localizado. Ele deveria estar acoplado ao lado do chassi do aparelho.

A operação de resgate aos destroços do avião continua, e um novo mergulho do robô submarino Remora 6000 já começou pela manhã. Os investigadores esperam que as duas caixas-pretas (uma com os dados do voo e outra com o registro da conversa da cabine) possam determinar o que causou o acidente com o voo 447.

O primeiro mergulho em busca dos destroços do voo, localizados no começo deste mês, foi realizado na manhã de ontem e durou mais de 12 horas. O navio francês Ile de Sein, responsável pela operação de resgate, está na área do acidente na costa brasileira. De acordo com o BEA, 68 pessoas estão a bordo do navio, incluindo a tripulação.

Entre eles estão nove operadores do robô submarino, que irá recolher os destroços, outros técnicos da empresa americana Phoenix International, proprietária dos equipamentos, e membros do BEA.
 

Notícias relacionadas