Bruno diz que Cartaxo 'se pela de medo' da Lagoa e reunião foi trama contra CPI - WSCOM

menu

Política

20/09/2017


Bruno diz que Cartaxo teme CPI da Lagoa

VEREADOR DA OPOSIÇÃO

Foto: autor desconhecido.

Após a divulgação das três CPIs protocoladas pela bancada governista na Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP), nesta quarta-feira (20), o líder da Oposição, Bruno Farias (PPS), declarou ao Portal WSCOM que o discurso da situação quanto as razões para não investigar a obra da Lagoa caiu por terra.

Segundo Bruno, protocolar as CPIs serviu como 'atestado de culpa' para Cartaxo. Com três CPIs sendo investigadas na Casa, a CPI da Lagoa não poderia ser instaurada.

O vereador declarou que o prefeito e sua bancada 'se pelam de medo' da obra.

“O discurso era que não assinava pois as irregularidades já estavam sendo apuradas pelo Ministério Público Federal, mas com essa manobra assinam um atestado de culpa”, disse.

Farias salientou que a reunião, ocorrida nesta tarde, serviu para tramar a manobra, por medo das investigações da Casa de Napoleão Laureano.

Bruno ainda se dispôs a investigar os casos, e desafiou a Situação a fazer o mesmo com a Lagoa.

“Se chegar até mim essas CPIs eu irei assinar, pois não tenho medo de investigação, agora eu desafio a situação a fazer o mesmo com a Lagoa”, declarou.

Notícias relacionadas