Brasileiro pega 325 anos por 19 estupros na Espanha - WSCOM

menu

Internacional

22/06/2006


Brasileiro pega 325 anos por

A Justiça de Madri condenou hoje a 325 anos, onze meses e 21 dias de prisão o brasileiro Juvenilson Días da Silva por 19 estupros entre agosto de 2000 e julho de 2003. Ele admitiu, durante o julgamento, sua autoria nos crimes.

Durante seu depoimento, ele expressou arrependimento e aceitou o pedido de pena máxima do júri. Silva estuprou as mulheres na região de Conde de Casal e Pozuelo de Alarcón, nos arredores de Madri. O réu também deverá indenizar as vítimas em mais de 615 mil euros.

A 5ª Sessão da Audiência de Madri o considerou culpado de 17 delitos de agressão sexual e mais dois em grau de tentativa. Ele também é culpado de oito acusações de roubo com violência e intimidação, cinco delitos de lesão e cinco tentativas de lesão.

As vítimas dos estupros tinham entre 16 e 34 anos, e foi uma delas que conseguiu ajudar as investigações a encontrar o criminoso.