Bovespa fecha julho com saldo positivo em investimento externo - WSCOM

menu

Economia & Negócios

03/08/2005


Bovespa fecha julho com saldo

Os investidores estrangeiros ignoraram a crise política brasileira no mês passado e injetaram mais de um bilhão de dólares na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), informou o mercado nesta quarta-feira.

Em julho, o fluxo de capital externo na Bovespa teve um saldo positivo de R$ 2,508 bilhões (US$ 1,053 bilhão), produto de compras de papéis por R$ 10,95 bilhões (US$ 4,6 bilhões) e vendas por US$ 8,442 bilhões (US$ 3,547 bilhões).

Com o aumento dos investimentos em julho, nos sete primeiros meses do ano a Bovespa acumulou R$ 3,007 bilhões de reais (US$ 1,263 bilhão) em investimento externo.

A presença maciça de investidores estrangeiros na praça paulista no mês passado deu força para o índice Ibovespa subir 3,96%, apesar da crise política no país.

Segundo os analistas, os investidores externos consideram que a crise não provocará mudanças na política econômica brasileira, por isso continuaram comprando ações de empresas nacionais.

Os estrangeiros foram o grupo que mais investiu na Bovespa em julho, com uma participação de 34,7% do total negociado. Depois vieram os investidores institucionais (27%), pessoas físicas (25,1%), instituições financeiras (11,1%), empresas (2%) e outros (0,1%).

No mês passado, a Bovespa teve um movimento financeiro de R$ 28,230 bilhões, com uma média de R$ 1,340 bilhão por pregão.

Notícias relacionadas