Botafogo-PB empata com a Juazeirense, avança e disputará o acesso com seu xará paulista - WSCOM

menu

Futebol

12/08/2018


Botafogo-PB empata com a Juazeirense, avança e disputará o acesso com seu xará paulista

Foto: autor desconhecido.

Na noite deste sábado (11), o Botafogo-PB definiu seu destino na Série C do Campeonato Brasileiro. Enfrentando a Juazeirense, o Belo ficou duas vezes na frente do placar, mas o time baiano buscou o empate. O placar de 2 a 2 classifica o time da estrela vermelha para o mata-mata, no qual vai enfrentar o Botafogo-SP. Um dos dois estará na Segunda Divisão de 2019.

O Botafogo-PB fez sua primeira boa trama aos 11 minutos, quando Nando tabelou com Marcos Aurélio, e o camisa 10 bateu da entrada da área. A bola pegou efeito, mas o arqueiro Tigre caiu para fazer a defesa.

Em lance de bola, parada, aos 26 minutos, nova boa chance. Marcos Aurélio cobrou falta da intermediária, a defesa desviou mas foi contra a própria meta. O goleiro da Juazeirense mostrou muito reflexo para mandar a bola que ia no seu canto direito para escanteio.

Na sequência, um lance incrível. Depois de cobrança de escanteio da esquerda, a bola sassaricou na área, Nando tentou, a defesa cortou, Juninho cortou, o zagueiro desviou, Gladstone chutou, mas a redonda insistiu em não entrar ao bater em outro jogador baiano e ir para escanteio.

Praticamente sem sofrer sustos, o Botafogo-PB dominava o jogo. Aos 42, depois de cobrança de escanteio para o time baiano, Marcos Aurélio puxou contra-ataque, tocou de calcanhar para Clayton Rosa, que enfiou com precisão para Juninho. O meia avançou em velocidade, cortou a zaga, mas bateu prensado, facilitando a defesa de Tigre.

Segundo tempo

Assim como na primeira etapa, o Belo apostava nas bolas paradas, e já aos 4 minutos, Marcos Aurélio cruzou na segunda trave e Juninho cabeceou com perigo.

No minuto seguinte, finalmente o zero saiu do placar. Clayton Rosa lançou para Nando, que invadiu a área pela direita e cruzou. O volante Gaúcho tentou cortar, mas chutou para as próprias redes, fazendo a festa do torcedor botafoguense.

Empurrado pela arquibancada, o Botafogo-PB tentava ampliar o marcador. Aos 10 minutos, Marcos Aurélio meteu a bola para Nando, que chutou da entrada da área de pé direito, cruzado, mas ela foi a direita da meta de Tigre, levando perigo.

Sem nada a perder, a Juazeirense se arriscava um pouco mais no ataque, e conseguiu empatar a partida. Aos 22 minutos, Juninho Tardeli avançou livre no meio campo e chutou de longe. A bola foi no canto esquerdo de Remerson, rasteiro, e ainda bateu na trave antes de balançar a rede.

Mais solta no duelo, a Juazeirense seguia arriscando. Aos 28, Salatiel chutou da entrada da área e a pelota passou com muito perigo, raspando o ângulo direito do arqueiro botafoguense.

De volta às bolas paradas, o Belo assustou mais uma vez. Aos 30, Marcos Aurélio cruzou da intermediária, Lula desviou e Tigre mandou pela linha de fundo. Na cobrança, o camisa 10 mandou para a área, Nando subiu mais que todo mundo e, de cabeça, marcou o segundo gol do Botafogo-PB no jogo.

Aos 32, quase que o time da estrela vermelha prova do seu próprio veneno. Em cobrança de falta, Cascata cobrou com muita categoria, e a bola raspou a trave direita e foi pela linha de fundo.

Bem perto do fim do jogo, a defesa botafoguense cochilou, cortou mal a bola, e ela sobrou limpa para Juninho Tardeli mandar de primeira, de pé canhoto, aos 42 minutos, no canto esquerdo de Remerson e empatar a partida novamente.

Com o empate por 2 a 2, o Botafogo-PB se manteve na quarta colocação do Grupo A, com 26 pontos. Nas quartas de final, vai encarar seu xará, o Botafogo-SP, líder do Grupo B. A primeira partida será já no próximo fim de semana, no Almeidão. Com 19 pontos, a Juazeirense ficou na nona posição, e vai disputar a Série D na próxima temporada.

Ficha técnica

Botafogo-PB 2 x 2 Juazeirense-BA

Campeonato Brasileiro da Série C (Grupo A  – 18ª rodada)
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Rafael Traci (PR; Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)

Gols: Gaúcho – contra, Nando (B); Juninho Tardeli (2x) (J)
Cartões amarelos: Rodolfo, Emílio, Capone, Levi (J)

Botafogo-PB: Remerson, Felipe Cordeiro, Gladstone (Walber), Lula, Fábio Alves (Daniel); Humberto, Hiroshi, Juninho, Marcos Aurélio, Clayton Rosa (Carlos Renato); Nando. Técnico: Evaristo Piza.

Juazeirense: Tigre, Capone, Emílio, Alysson, Deca; Gaúcho, Rodolfo (Cascata), Toni Galego (Levi), Juninho Tardeli; Jussimar (Vitor Sapo) e Salatiel. Técnico: Evandro Guimarães.

Voz da Torcida

Notícias relacionadas