Botafogo-PB bate o Altos e permanece 100% na Copa do NE - WSCOM

menu

Futebol

16/02/2018


Botafogo-PB bate o Altos e permanece 100% na Copa do NE

Em um jogo apático no primeiro tempo e eletrizante no segundo, um gol lindo de Dico garantiu mais uma vitória botafoguense

Botafogo-PB e Altos-PI entraram em campo na noite desta quinta-feira (15), pela terceira rodada do Grupo C da Copa do Nordeste. Em um jogo apático no primeiro tempo e eletrizante no segundo, um gol lindo de Dico garantiu mais uma vitória botafoguense no torneio, no qual segue com 100% de aproveitamento e na ponta da tabela e quase garantido no mata-mata.

Com folga na liderança do grupo do Nordestão, tendo um clássico contra o Treze no fim de semana pelo Paraibano e uma decisão contra o Atlético-MG, pela Copa do Brasil, no meio da próxima semana, o treinador Leston Júnior poupou alguns titulares e aproveitou para mudar o modo do seu time jogar.

Com Carlos Renato na esquerda, Alan Dias na direita e Marcos Aurélio e Nando mais centralizados, formou-se praticamente uma linha de quatro atacantes, com Humberto e Rafael Jataí apenas no meio campo.

E não deu certo. O time tinha dificuldades para criar, lentidão nas transições e não conseguia envolver o adversário, que encontrava espaços na defesa botafoguense, mas não conseguia criar muito perigo.

23 minutos, Carlos Renato tentou tabelar com Fábio Alves, mas a bola bateu na defesa e sobrou para Marcos Aurélio, que dominou na entrada da área e bateu de pé esquerdo, para Gideão defender em dois tempos.

O time piauiense chegou a ter um gol anulado. Manoel recebeu nas costas de André Santos, mas dominou com a mão antes de jogar a bola nas redes de Edson, mas o árbitro invalidou o lance.

A torcida do Belo passou a vaiar Humberto, muito mal no primeiro tempo, e pediu a entrada de Dico ainda antes do intervalo. E o treinador atendeu ao pedido da arquibancada.

Segundo tempo

O Belo voltou para o segundo tempo incendiado pela entrada de Dico, que recebeu na intermediária pela esquerda, invadiu a área e bateu para o gol. A bola explodiu na defesa e sobrou para Marcos Aurélio, que deu um carrinho, mas o goleiro Gideão trabalhou pela primeira vez no jogo e fez uma grande defesa e evitou a abertura do placar.

Aos 8 minutos, outra blitz. Nando recebeu bom passe de Marcos Aurélio e bateu para o gol, Gideão espalmou, Marcos Aurélio tentou um bonito voleio da entrada da área no rebote, mas o zagueiro Leone conseguiu meter a cabeça na pelota para evitar o gol.

E só dava Botafogo-PB. Aos 12, Carlos Renato cruzou da esquerda para a entrada da área, onde Marcos Aurélio mais uma vez acertou um voleio de perna direita e Gideão espalmou para escanteio.

Aos 20, o camisa 10 apareceu de novo assustando o arqueiro piauiense. Marcos Aurélio avançou com a bola no meio campo e, da intermediária, soltou um foguete em direção ao gol, e a bola passou com muito perigo perto do travessão.

De tanto insistir, o Belo chegou ao gol. E que gol. Dico recebeu na esquerda, passou por toda defesa do Altos-PI, cortou para o meio e bateu colocado, no ângulo esquerdo de Gideão para explodir a torcida botafoguense no chuvoso Almeidão.

A resposta do Jacaré veio aos 33 minutos. Dudu cobrou falta da intermediária e levou muito perigo à Edson, passando rente ao travessão. O arqueiro do Belo só pode olhar.

A vitória do Belo mantém o time invicto na temporada e 100% na Copa do Nordeste. O time lidera o Grupo A com 9 pontos. O Bahia, vice-líder, tem 3. No fim de semana, pelo Paraibano, o Botafogo-PB disputa o Clássico Tradição com o Treze, no domingo (18), às 19h, em Campina Grande.

Ficha técnica

Botafogo-PB 1 x 0 Altos-PI
Copa do Nordeste 2018 (Grupo C – 3ª rodada)
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Ranilton Oliveira Souza; Ivanildo Gonçalves da Silva e Djavan Costa da Silva

Gols: Dico (B)
Cartões amarelos: Joelson, Dos Santos, Vagner (A)

Botafogo-PB: Edson, Felipe Cordeiro, André Santos (Walber), Lula, Fábio Alves; Rafael Jataí, Humberto (Dico), Allan Dias, Marcos Aurélio (Hiroshi), Carlos Renato; Nando. Técnico: Leston Júnior.

Altos-PI: Gideão, Vagner, Leone, Everton, Jefferson; Marconi (Jean), Américo, Dos Santos, Esquerdinha; Manoel, Joelson. Técnico: Waldemar Lemos.

Notícias relacionadas