Bombardeios da Otan destroem 25 tanques de tropas de Kadhafi na Líbia - WSCOM

menu

Internacional

10/04/2011


Bombardeios da Otan destroem 25 tanques

Líbia

Foto: autor desconhecido.

Aviões da Otan destruíram neste domingo (10) 25 das tropas leais a Muammar Kadhafi. Onze foram destruídos na estrada que leva à cidade rebelde de Ajdabiyah e outros 14 próximo a Misrata, disse um porta-voz.

O balanço foi feito até as 12h locais, e os ataques vão continuar.

Ajdabiyah, tomada pelos rebeldes, está sob ataque das forças kadhafistas há um mês.

Os ataques se intensificaram nos últimos dias.

Rebeldes confirmaram neste domingo que as forças de Kadhafi foram bastante atingidas pelos bombardeios. Há pelo menos 15 mortos.

Os rebeldes que tentam derrubar o ditador líbio haviam dito, na véspera, que os bombardeios aliados haviam se intensificado. A rebelião vinha se queixando de lentidão na ação da Aliança Atlântica.

Desde sexta, 17 tanques kadhafistas haviam sido destruídos – 15 em Misrata, e 2 em Brega.

A Líbia enfrenta uma guerra civil desde meados de fevereiro, quando manifestações pedindo a renúncia do ditador Kadhafi, há 42 anos no poder, começaram em Benghazi, no leste, e se transformaram em confrontos violentos e passaram a ser reprimidas violentamente pelo regime.

No dia 17 de março, a Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou uma resolução que validava quaisquer medidas necessárias, inclusive militares, para impedir um massacre de civis.

Dois dias depois, a coalizão internacional liderada por Estados Unidos, França e Grã-Bretanha começou a bombardear a Líbia. Logo a seguir, a Otan assumiu o comando da operação militar.

Os ataques debilitaram as forças militares de Kadhafi, mas não foram suficientes para garantir um avanço militar dos rebeldes, criando um impasse.

Notícias relacionadas