Bolsonaro manda Moro investigar Bebianno e admite demiti-lo - WSCOM

menu

Política

14/02/2019


Bolsonaro manda Moro investigar Bebianno e admite demiti-lo

O nome do ministro foi envolvido em esquema de candidaturas laranja e em desvio de verba partidária dentro do PSL.

Na imagem, o presidente da República Jair Bolsonaro ao lado do ministro Gustavo Bebianno

Em entrevista à TV Record, Jair Bolsonaro (PSL), reconheceu nesta quarta-feira (13) que a possibilidade de demissão do ministro da Secretaria-Geral da Presidência Gustavo Bebianno (PSL) é real. O nome dele foi envolvido em esquema de candidaturas laranja e em desvio de verba partidária dentro do PSL.

 

“Se estiver envolvido e, logicamente, responsabilizado, lamentavelmente o destino não pode ser outro a não ser voltar às suas origens”, afirmou o presidente.

 

Bolsonaro disse que determinou a Polícia Federal – órgão submetido ao Ministério da Justiça de Sérgio Moro – a abertura de investigação contra Bebianno e ressaltou que Moro tem “carta branca para apurar qualquer caso de crime contra corrupção e lavagem de dinheiro.”

 

A revelação do esquema de candidaturas laranjas do PSL provocou uma crise no governo de Jair Bolsonaro, alavancada pelo ataque do vereador Carlos Bolsonaro, filho do presidente, a Bebianno, que presidiu o partido no ano passado, inclusive durante o período eleitoral. 

 

Da Redação com informações Brasil 247
Portal WSCOM