Bolsonaro ensina gesto de arma para criança; presidenciáveis criticam - WSCOM

menu

Política

20/07/2018


Bolsonaro ensina gesto de arma para criança; presidenciáveis criticam

Foto: autor desconhecido.

Por William De Lucca – Pré-candidatos à presidência da República repudiaram o gesto de uma arma feita por Jair Bolsonaro (PSL) durante uma agenda pública em Goaiânia (GO). Em cima de um carro de som, o deputado federal pego na mão da criança e fez com que ela imitasse uma arma, gesto conhecido da militância do candidato de extrema-direita.

Para a pré-candidata Manuela D’Ávila (PCdoB), o gesto feito por Bolsonaro com a criança é violenta, e que o sorriso do candidato do PSL na foto é um deboche. “O inominável fez, na mão de um ser ainda tão indefeso, o gesto de uma arma. O Brasil que eu sonho viver é aquele em que nenhuma criança seja submetida a violências. Em que educação forme brasileirinhos para a paz. A imagem é tão violenta q o sorriso do inominável deve ser apenas um deboche”, disse em sua conta no Twitter.

Já Marina Silva, pré-candidata da Rede à presidência, disse ter ficado estarrecida ao ver o gesto incentivado pelo deputado federal. “Como mãe e professora, fiquei estarrecida ao ver um candidato ensinar uma criança a fazer gesto de revólver com as mãos. As mãos de uma criança devem ser treinadas para pegar em lápis e caderno, e jamais em armas”, criticou.

Guilherme Boulos, do PSOL, classificou o deputado carioca como um adversário do Brasil. “Bolsonaro em Goiânia pegou uma criança no colo e incentivou gesto simbólico de uma arma empunhada. Eu como pai sinto nojo e lamento uma pessoa dessa estar solta por aí destilando ódio. Bolsonaro não é um adversário eleitoral, é adversário do Brasil”, disparou o socialista.

Brasil 247

Notícias relacionadas