Boicote: Procon divulgará duas pesquisas de combustíveis esta semana para orient - WSCOM

menu

Paraíba

20/03/2006


Boicote: Procon divulgará duas pesquisas

O coordenador executivo do Procon estadual, Odon Bezerra, falou ao WSCOM Online, nesta segunda-feira, 20, que a ação de boicote continua, sendo que, agora, aos preços altos. “A idéia é não abastecer em postos que estejam cobrando caro pelo combustível”, recomendou. Hoje, o litro da gasolina está variando, de acordo com ele, entre R$2,35 e R$2,63.

Em face do momento de instabilidade quanto ao preço do litro dos combustíveis, sobretudo da gasolina, o Procon estará intensificando pesquisa.

“Nós vamos divulgar duas pesquisas por semana para que o consumidor possa detectar com mais facilidade o posto que vende com melhor preço”, frisa, descartando a continuidade do boicote à bandeira, devido à baixa de preço constatada, atualmente, no mercado de combustíveis de João Pessoa.

Bezerra credita a queda e diversificação de preço do litro dos combustíveis tanto a realização do boicote quanto à decisão do juiz titular da 5ª Vara Cível de desnivelar os preços na Capital.

“O início do boicote, duas semanas atrás e a decisão do juiz Onaldo Queiroga que determinou o desalinhamento de preços sob pena de multa foram importante para a queda”, analisou, reiterando a continuidade do monitoramento dessa economia.

Força-tarefa – Ainda hoje o coordenador do Procon estadual, Odon Bezerra, deve se encontrar com o curador do Consumidor, Francisco Sagres, para agendar distribuição de ação contra distribuidoras e postos, no que se refere à venda com preço maior para alguns postos da cidade e a elevação do preço do combustível sem justa causa.

“A intenção não é vender com valores diferenciados, a não ser se for à vista ou a prazo”, afirma, lembrando que no interior o litro da gasolina tem sido repassado com preço aquém da Capital, o que, sugere, estaria barateando em uma região e encarecendo na outra.

Notícias relacionadas