Blog do WS diz que Haddad precisa apresentar nova Carta aos Brasileiros para conter fascismo - WSCOM

menu

Política

03/10/2018


Blog do WS diz que Haddad precisa apresentar nova Carta aos Brasileiros para conter fascismo

Foto: autor desconhecido.

O jornalista Walter Santos aponta, nesta quarta-feira (3), a necessidade de produção de um documento ‘pontuando as posições básicas do candidato ao eleitorado brasileiro refutando e esclarecendo tantas inverdades transformadas em dogmas na Internet’.

Leia:

‘A necessidade de nova Carta aos Brasileiros para reafirmar posições e conter deturpações de Bolsonaro

A reta final do processo sucessório no País aponta o esperado recrudescimento de posições entre aliados do candidato Jair Bolsonaro, em primeiro lugar nas pesquisas, e o candidato Fernando Haddad, do PT, em face de diversos fatores, entre eles a adesão de setores da Classe Média e do aparato financeiro na reprodução de Fake News na WEB e na publicização de campanhas anti-petistas.

A disseminação continuada de discursos fascistas, mesmo sem procedência, e o aparelhamento das Redes Sociais com campanhas reacionárias,  homofóbicas e fascistas apontam para a urgente necessidade do candidato Haddad construir com o PT e Frente Democrática, algo como nova Carta aos Brasileiros e Brasileiras.

REPETINDO 2002

Havia na eleição vitoriosa de Lula naquele ano um clima de histeria como se dá neste momento com a reprodução de discursos odientos, que agora se manifestam com maior intensidade pela estratégia dos Bolsonaristas, agora usando milhares de robôs as redes sociais propagando mentiras e horrores contra Haddad e o PT.

Daí a importância e já suficientemente necessária a produção urgente de um Documento pontuando as posições básicas do candidato ao eleitorado brasileiro refutando e esclarecendo tantas inverdades transformadas em dogmas na Internet.

E deve ser rápido expondo ainda a verdade “verdadeira” do candidato Bolsonaro escondido na estratégia de não ir aos debates nem se expor aos vivos de todas as regiões pela sua incapacidade reconhecida.

Em síntese, como se diz lá na Torre, urge.’

Notícias relacionadas