Blog do WS avalia reflexos das eleições Europeias no Brasil e a guerra entre EUA-China - WSCOM

menu

Brasil & Mundo

16/05/2019


Blog do WS avalia reflexos das eleições Europeias no Brasil e a guerra entre EUA-China

O jornalista trouxe uma análise sobre as eleições do Parlamento Europeu, essas que acontecem no próximo dia 26 e que devem afetar o mundo, sobretudo no Brasil. 

Imagem meramente ilustrativa/Parlamento Europeu/Foto: Consulado Portugal SP

O jornalista e analista político, Walter Santos, em mais uma análise em seu blog, traz uma análise, nesta quinta-feira (17), sobre as eleições do Parlamento Europeu, essas que acontecem no próximo dia 26 e que devem afetar o mundo, sobretudo no Brasil. 

Parece que mesmo distante, o velho continente reflete fortemente no Brasil. Segundo WS, “o processo politico merece acompanhamento e atenção porque, apesar de muito distante do Brasil, geograficamente, são muitas as situações de relacionamento comercial com diversos países, a partir de Portugal – na atualidade tendo como primeiro ministro, Antonio Costa, do Partido Socialista”.

 

Confira na íntegra mais uma publicação:

 

Como as eleições do Parlamento Europeu do dia 26 devem afetar o mundo e seu significado para o Brasil

Agora no mês de maio, a Europa convive com a renovação do Parlamento abrigando representantes dos diversos países em meio a uma alta expectativa diante do crescimento da Ultradireita, os conflitos separatistas e a guerra comercial dos Estados Unidos com a China a exigir um posicionamento em bloco para sobreviver diante dos gigantes.

 

O processo politico merece acompanhamento e atenção porque, apesar de muito distante do Brasil, geograficamente, são muitas as situações de relacionamento comercial com diversos países, a partir de Portugal – na atualidade tendo como primeiro ministro, Antonio Costa, do Partido Socialista.

 

O CASO PORTUGUÊS

A eleição em ambiência portuguesa abriga a existência de todas as matizes ideológicas, de esquerda, centro e direita, disputando o voto do eleitorado cada vez mais exigente e ultimamente influenciado pelas Mídias Digitais que têm provocado muitos estragos.

 

Antonio Costa chega ao término de mais um mandato com saldos positivos no controle fiscal, nos gastos públicos e retomando os investimentos econômicos, sobretudo em Lisboa, com o forte mercado de startups que mudou o rumo econômico, através do INVESTLISBOA, agora em nova fase na região do Beato, que está produzindo efeitos de toda ordem.

 

É este conjunto de fatores que, no caso português, estará passando por avaliação popular porque as demandas sociais são como unha; o líder pode até conter, cortar, mas voltam sempre. Em síntese, o operoso Antônio Costa estará no alvo das avaliações mesmo porque Portugal cresceu muito com ele.

 

O NACIONALISMO E O FATOR IDEOLÓGICO

A Europa vai para as urnas diante de muitos problemas e desafios, porquanto o drama dos refugiados, o enfrentamento ideológico movido por este ingrediente, o terrorismo e o desemprego advindo da robotização têm levado muitos países a conviverem com graves conflitos.

 

O caso de Espanha é um deles, uma vez que Madrid não abre mão do controle de Governo, mesmo com o movimento separatistas dos catalães, a partir de Barcelona, que tem criado muito aperreio político e de vida.

 

O BICHO DA GUERRA CHINA-EUA

Se tudo isso fosse pouco ainda tem os graves problemas comerciais advindos da briga acentuada entre EUA e China que tem abalado as bolsas de valores do mundo.

 

É neste caldeirão que a Europa precisa se reinventar para sobreviver com a força e a soberania de seus países.