Blog do Walter Santos avalia ação da Ultra-Direita culminando com prisões de Lula e Dirceu - WSCOM

menu

Política

21/04/2018


Blog do Walter Santos avalia ação da Ultra-Direita culminando com prisões de Lula e Dirceu

Foto: autor desconhecido.

O jornalista e analista político Walter Santos comenta, neste sábado (21), sobre as prisões do ex-presidente Lula e do ex-ministro José Dirceu. Segundo WS, se trata de uma ofensiva exitosa da ultra-direita, tramada desde 2003.

Leia:

‘Ultra-direita Global alcança Êxito ao prender Lula e Zé Dirceu; trama começou em 2003

Desta feita, não foi preciso nem bala nem canhões. A ultra – direita do Mundo concentrada a partir dos Estados Unidos alcançou em 2018 grande parte do Plano Geo-politico Global adotado a partir de 2003, quando da posse de Lula, cujo objetivo maior era tirar o ex-presidente e o ex-Ministro José Dirceu da cena política. Os dois sempre foram tratados como Inimigos do Capitalismo e ameaças na América Latina.

Diferentemente de 1964, agora os investimentos aconteceram na Inteligência, na cooptação do Legislativo e, o fato novo, tendo toda base do Judiciário sob a orquestração da Midia promovendo a mais consistente campanha de satinização do PT, da Politica mas, mais do que tudo, buscando eliminar a possibilidade de disputa do maior Lider vivo da Esquerda do Mundo.

Na nova estratégia, a Lawfare – uso da Justiça para perseguir politicamente algo ou alguém – precisou da adesão de Juízes federais, Ministros do STF e membros do MPF. O conjunto da Trama condenou Lula e Zé Dirceu sem nenhuma prova convincente. Mas usou da mudança da regra juridica para condenar já em Segunda Instância- negando o amplo Direito de Defesa – com magistrados acima dos 70 anos, ligados ao esquema, mantidos pela nova Lei da Bengala.

PROTEÇÃO AOS ALIADOS

No caso dos partidos aliados ao Esquema – MDB, PSDB, etc, diversos líderes foram denunciados com provas de desvios de recursos, a exemplo de Temer, Aécio, Serra e Alkmin, mas todos são poupados pelas instâncias judiciais.

E tentam construir o discurso de uso da Justiça contra Poderosos querendo aliar a prisão de Lula à se Maluf e outros flagrados em desvios, mas não conseguem emplacar a tática na população que vota em Lula mesmo ele estando na cadeia.

Por que isso? Por que a Sociedade já identificou a trama dos Poderosos para fulminar Lula e as Políticas de Soberania Nacional e de inclusão social.

A meta, a rigor, é mesmo matar na cadeia de “morte matada”, como diria o libelo de Cabral de Melo Neto em “Morte vida Severina”.

A CRISE E A GEOPOLÍTICA

Quando Lula negou manter – se sob o julgo da Casa Branca em 2003, recusou -se a criar a ALCA – mercado de livre comércio envolvendo toda a América Latina envolvendo o México, optando por fortalecer o MERCOSUL, ali estava decretado o Plano da Ultra-DIreita internacional usando brasileiros para eliminar Lula e o PT.

Primeiro veio o Mensalão, cuja denúncia do Procurador Geral Roberto Gurgel e o próprio voto do então presidente do STF, Joaquim Barbosa, disseram que não haviam provas contra Zé Dirceu, mas o puniam por uma inventada tese de “Domínio do Fato” promovendo a mais violenta perseguição Jurídico – Politica.

É que Zé Dirceu seria futuro presidente na sucessão de Lula e a ultra direita implodiu porque, repetimos, era ameaça à hegemonia da Ultra Direita.

RÚSSIA E CHINA

O problema de Lula e depois de Dilma foi aguçar a ira da Direita ao apostarem nos BRICS, fazer o Brasil dialogar e se aproximar negocialmente da China e da Rússia.

O Brasil de Lula/Dilma liderou os BRICS porque à época a Rússia e a China não tinham seus presidentes fortes como agora, por isso a opção de diálogo do Governo petista como essa custou o preço do que vemos.

AGORA

Ainda se faz preciso aguardar desdobramentos internos e externos porque a crise ainda não passou.

Mas Lula se mantém preservando sua aura de maior lider Vivo da Esquerda cada vez mais recebendo apoio internacional.’

Notícias relacionadas