Blog de WS: Eleição na Assembléia só depois do retorno de Ricardo; Galdino é preferido - WSCOM

menu

Paraíba

24/11/2018


Blog de WS: Eleição na Assembléia só depois do retorno de Ricardo; Galdino é preferido

Blog traz a radiografia dos bastidores das eleições na Assembleia Legislativa da Paraíba; confira

Foto: autor desconhecido.

O Blog de Walter Santos traz neste sábado (24) a radiografia dos bastidores das eleições na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB). Na sua publicação, WS revela a realidade e o porque a eleição só se definirá após o retorno do governador Ricardo Coutinho (PSB) ao poder.

No processo, a preferência consolidada é de Adriano Galdino (PSB).

Confira na íntegra a análise:

Eleições na Assembleia: depois do freio de arrumação, Adriano mantém preferência, mas decisão só na frente

Quem acompanha os bastidores da Assembléia Legislativa da Paraíba convive com uma nova fase no processo eletivo na Mesa Diretora, cuja realidade atual depois de reação do governador Ricardo Coutinho contrário às articulações da PEC da Reeleição sem seu aval, só se definem pra valer depois de seu retorno ao comando do Governo daqui a dez dias.

Se reparar bem, tudo passa ainda pelo governador eleito João Azevedo, que já definiu critério de maioria na Base Aliada – condição esta já conseguida pelo deputado estadual Adriano Galdino. Ele tem 15 dos 22 votos da Base.

TÁTICAS E GARGALOS

São muitos os interessados em ocupar a Mesa Diretora, sobretudo encabeçando chapa, mas poucos conseguiram com firmeza a posição consolidada de Adriano Galdino, fruto de sua habilidade de construir pontes e soluções dentro do possível.

Mais que isso é personagem leal e propositivo nas relações da Base, do conjunto parlamentar e com Inter Poderes , algo que será muito útil ao governador Azevedo.

NOMES

Há, na Base do Governo, algumas outras ações em curso, como os movimentos de Hervázio Bezerra, Buba Germano e Ricardo Barbosa na mesma direção da Mesa, mas os três por causas diferentes enfrentam resistência.

Nenhum deles tem a mesma condição consolidada de Adriano Galdino.

ALÉM DO PSB

O famoso “Baixo Clero”, conforme define Tião Gomes, defende a tese de que o candidato pode ser qualquer um da Base Aliada e não só PSB, como defendem Jeová Campos e Estela Bezerra.

– É hora de respeitar a Base, logo qualquer habilitado pode ser – argumenta.

FUTURO PRÓXIMO

Quando voltar, Ricardo e João Azevedo vão consolidar o processo já informados e decididos a encaminhar a primeira eleição de Biênio com a posição consolidada de Adriano Galdino podendo deixar o segundo biênio para uma etapa posterior.

Esta é a tendência deste momento de realidade política.