ASSISTA: WS analisa novas Intervenções do Exército e o Caso da PB - WSCOM

menu

Política

19/02/2018


ASSISTA: WS analisa novas Intervenções do Exército e o Caso da PB

"A exclusão serve como atestado de que Intervenção na Paraíba não abriga argumento factual procedente, como se dá no Rio e outros Estados", explica Walter Santos.

O jornalista e analista político, Walter Santos, na coluna desta segunda-feira (19), analisa a possível intervenção do Exército nos Estados e o Caso da Paraíba.

Confira na íntegra: 

A semana começa com o zum-zum-zum procedente de Brasília, segundo o qual o Governo Temer prepara a intervenção do Exército em outros Estados da Federação sob apelo de combater e controlar a situação diante da força do Narcotráfico e do crescimento da violência.

Na Paraíba, embora hajam registros de casos de violência, existe um quadro sob total controle da Segurança Estadual e não existe na sociedade um pânico generalizado como há na sociedade carioca capaz de justificar tamanha intromissão perigosa porquanto mistura a missão do Exército com visível aproveitamento político na questão.

DADOS NACIONAIS

Para atestar a realidade da Paraíba, basta levar em conta o levantamento oficial apresentado pelo UOL no fim-de-semana excluindo o Estado paraibano na lista dos 10 mais violentos do País.

A exclusão serve como atestado de que Intervenção na Paraíba não abriga argumento factual procedente, como se dá no Rio e outros Estados.

SÓ MESMO INTENÇÃO POLÍTICA

O fato é que o assunto ronda por Brasília puxado pelo senador Cássio sabendo-se da posição radical do presidente Temer contra o governador Ricardo Coutinho daí a alta expectativa sobre o que o Governo Federal vai anunciar.

Trocando em miúdos, debate político eleitoral à parte é preciso se advertir sobre a importunidade de decisões políticas de grande impacto sob interesse e causa meramente política.

Chega de abusos.

 

Notícias relacionadas