Blog de WS analisa 85 anos de Gonzaga Rodrigues e sua Utopia - WSCOM

menu

Paraíba

20/06/2018


Blog de WS analisa 85 anos de Gonzaga Rodrigues e sua Utopia

Foto: autor desconhecido.

Blog de Walter Santos faz uma nova abordagem, agora tratando do histórico e importância de Luiz Gonzaga Rodrigues como intérprete e cultor das liberdades e utopias.

É que o jornalista, escritor e pensador completa 85 anos nesta quinta-feira.

Eis o texto:

A sabedoria de Gonzaga Rodrigues de manter a Utopia e a indignação pelo retrocesso no Mundo

Na vida, cada um faz a escolha que provier. É condição – fruto também da oportunidade de quem baseia sua escolha em leituras, estudos, debates ou reflexões coletivas para melhor discernir. Luiz Gonzaga Rodrigues é parte molecular deste enredo levado à Utopia de sempre.

É a educação o maior instrumento libertário da Humanidade sempre repleta do desejo incessante da exploração do Homem pelo Homem.
Seja de onde for, venha de onde vier, a escolha pelo Humanismo e a não exploração é tema recorrente até dos Homens rurais transformados em essência posterior da vida urbana, como se define em Gonzaga.

A LITERATURA

Foi ela o veio d’água que levou Gonzaga para as profundezas dos Oceanos ideológicos, onde lutar contra a opressão faz parte do contexto da defesa das liberdades aos povos habitantes de todas as glebas.

Não foram só os teóricos da filosofia e da ciência política quem permitiram a Gonzaga Rodrigues o manto de Cronista libertário diante de um mundo tomado de guerras, injustiças e perseguições, como a que se perpetua e precisa ser refeita contra o conterrâneo de Garanhuns.

Pois bem, chega o tempo no qual quando se coloca na balança o histórico de gente como Gonzaga Rodrigues logo se tem a clareza e postura firme de um Pensador muito além de Lagoa Nova ou Maroquinha Ramos, no bairro da Torre, a expor ao Mundo que o Brasil precisa de Lula Livre.

Só assim a realidade e Utopia vão permitir a escolha soberana e livre do povo brasileiro.

Gonzaga nunca esqueceu a força das lições advindas das Histórias libertárias que ele narra com tanta maestria.

Notícias relacionadas